Outro

Mix de mídia semanal: os dez restaurantes mais badalados da Opentable e os caminhões de comida em explosão

Mix de mídia semanal: os dez restaurantes mais badalados da Opentable e os caminhões de comida em explosão



We are searching data for your request:

Forums and discussions:
Manuals and reference books:
Data from registers:
Wait the end of the search in all databases.
Upon completion, a link will appear to access the found materials.

As maiores histórias de comida e bebida da semana

Arthur Bovino

Mix de mídia semanal

O Daily Meal dedica-se a consumir e analisar as últimas novidades e tendências alimentares. Todas as sextas-feiras no The Daily Byte, o Weekly Media Mix traz algumas das maiores notícias da semana sobre comida de todo o país. Histórias desta semana:

Restaurantes:
• Sifton premia M. Wells com duas estrelas. [NYT]
• Estreia o sistema de tickets da Next. [GSChi]

Aperte:
• Opentable nomeia 10 restaurantes mais badalados dos EUA. [Slashfood]
• Virbilia faz um tour rápido pelos restaurantes de São Francisco. [LAT]

Saúde:
• O vício em cafeína pode ter raízes genéticas. [EUA]
• Morangos comprovados para combater o câncer. [WSJ]

Indústria:
• Redesenho dos eixos do Burger King em todo o mundo. [Burger Business]

Entretenimento:
• Episódio de CSI: NY para apresentar food trucks explodindo. [Comedor]

Produtos:
• Aplicativo de contagem de calorias alimentado por câmera. [CNET]

Política:
• Batali, Chang e Colicchio pela igualdade no casamento. [GSNY]
• Refrigerantes proibidos em propriedades da cidade de Boston. [Boston]

Vídeo:
• René Redzepi compartilha os segredos do Noma com o TED. [YouTube]

O Byte Diário é uma coluna regular dedicada a cobrir notícias e tendências gastronômicas interessantes em todo o país. Clique aqui para as colunas anteriores.


8 food trucks para experimentar

A cena do food truck está acontecendo constantemente em Bruxelas, e a cada mês ganhando terreno. Agora a cidade hospeda um Festival Food Truck anual e novas barracas estão constantemente aparecendo em mercados e festivais de música.

Aqui estão oito food trucks imperdíveis que você encontrará em Bruxelas.

1. Sin Street Food

Ainda ontem, um amigo e eu discutimos o hambúrguer vegetariano da Sin Street Food, dizendo que é o tipo de comida com a qual você começa a sonhar quando não comia há um tempo. Parece que pode ser muito denso ou seco, mas na verdade é cheio de sabores e texturas interessantes, com uma mastigabilidade satisfatória raramente encontrada nas versões vegetarianas do hambúrguer nobre. O ketchup doce-salgado caseiro é uma delícia e você pode optar por comê-lo com ou sem laticínios.

Além disso, Sin vende outros sanduíches, wraps e uma espécie de prato misto semelhante a um thali, cheio de pratos vegetarianos orgânicos, muitas vezes inspirados na Índia. Eles também fazem seus próprios sucos de frutas e limonadas. Não importa o que você peça, os petiscos bem feitos vão deixar você se sentindo recheado, mas feliz.

2. Il Sapore Della Dolce Vita

Grelhando uma delícia piadinas, Sanduíches tipo crepe italiano, de massa caseira e recheados com coisas como mussarela fresca, óleo de trufas e proscuitto, este caminhão amarelo brilhante é difícil de perder - tanto por sua cor quanto pela multidão de pessoas ao seu redor.

Il Sapore Della Dolce Vita atingiu o ponto ideal no transporte de alimentos: o equilíbrio certo entre uma mordida fresca e saborosa que é fácil de comer em pé, uma banca de bebidas que serve vinhos italianos, cervejas e, claro, o emblemático Spritz Aperol e um atmosfera animada. Mais tarde, nas noites mais quentes, a música aumenta um pouco e se torna um café aconchegante e móvel.

3. El Taco Mobil

Apenas vagando pelo horda de comedores pedindo segundos e terços no El Taco Mobil, você se sentirá como se tivesse sido transportado para uma rua quente e movimentada na Cidade do México.

Este casal belga-mexicano mantém a simplicidade: três tacos feitos com tortilhas de milho, ingredientes frescos e orgânicos e, nas palavras deles, muito amor. O cardápio diário terá duas opções - uma carne, uma vegetariana. Ambos serão receitas mexicanas autênticas como tacos al pastor (com a carne cozida semelhante ao schwarma) ou com nopales (cactos comestíveis) e cheios de sabor.

Você não encontrará o Taco Mobil em todas as esquinas, no entanto. Eles só vão ao mercado semanal das quintas-feiras à noite em Saint Gilles e, a cada segundo domingo, abrem suas lojas no Mercado de Recriação Marche de Tanneurs, em Les Marolles.

4. Bugs em canecas

Trabalhando no cenário dos festivais de música este ano, um food truck se destaca dos demais - principalmente porque é provável que cause arrepios rastejantes. Insetos em canecas vende exatamente o que seu nome diz, exceto mais insetos e menos canecas.

As peças de resistência de seu cardápio são uma coleção de hambúrgueres à base de insetos, brochettes e muito mais, com o objetivo de mostrar uma nova forma de petiscar saborosa e ambientalmente consciente. Para aqueles que não estão interessados ​​em comer hambúrgueres de insetos, eles também têm um menu vegetariano completo, junto com uma seleção encorajadora de cervejas locais orgânicas e vinhos belgas.

Algo para quem gosta de doces. Embora Nanouk só se sente regularmente no Parvis de Saint Gilles às quintas-feiras, seus picolés artesanais perfeitamente formados também estão aparecendo em restaurantes por toda Bruxelas. Esses sorvetes e sorvetes lindamente elaborados são feitos por um show de uma mulher, Christine Waignein, com ingredientes naturais.

Os próprios pops são obras de arte com sabores que incluem abacaxi com gengibre, manjericão e melancia para os sorvetes, pistache, mocha e maçapão para os sorvetes, bem como alguns sabores mais experimentais como abacaxi mojito, aperol spritz e gaspacho .

6. Nata e você

Parece que, de repente, pastéis de nata estão por toda parte para onde você olha em Bruxelas, e isso certamente não é uma coisa ruim. Esta pastelaria doce de torta de ovo de Portugal é o bocado perfeito de sobremesa após um jantar de food truck, tornando a aparição de Nata & amp You no cenário de food truck muito bem-vinda. O carrinho de madeira comprimida simples e feito à mão está a espalhar a cultura portuguesa um bocado de cada vez com estas sobremesas que não podem perder o bolso, juntamente com cofres de abrir os olhos e cocktails refrescantes.

Não é um caminhão, mas uma food bike ecológica, a Cibacco atingiu a cena do almoço no bairro europeu correndo, ou realmente rolando. Dois irmãos de Nápoles, Giuseppe e Luigi Petito, começaram este carrinho de comida para levar a verdadeira comida italiana para o povo. Seu menu curto muda diariamente, mas é composto principalmente por cerca de três pratos quentes italianos clássicos, como os que sua avó faria, como lasanha alla parmigiana ou nhoque alla sorrentina, junto com uma seleção de baguetes cobertas com autênticos charcutaria e queijos italianos e vegetais grelhados.

8. Soul Food Truck

Este caminhão verde tropical tem sido um marco no cenário do mercado em Bruxelas há alguns anos, mas o msemmen de recheio de barriga de Soul Kitch’n, um crepe espesso e oleoso vindo do Norte da África, faz com que as pessoas voltem para mais. Eles os servem doces ou salgados, com coberturas como nutella, mel e banana, mas também tomate seco, ricota, azeitonas e merguez.

Às vezes, a longa fila nos horários de pico dos dias de mercado de fim de semana no Flagey faz a pessoa hesitar se vale a pena o esforço, mas depois de ter o crepe pesado em mãos, você não vai se arrepender.

Foto de Hailing Wang Photography, cortesia de El Taco Mobil / Facebook


8 food trucks para experimentar

A cena do food truck está acontecendo constantemente em Bruxelas, e a cada mês ganhando terreno. Agora a cidade hospeda um Festival Food Truck anual e novas barracas estão constantemente aparecendo em mercados e festivais de música.

Aqui estão oito food trucks imperdíveis que você encontrará em Bruxelas.

1. Sin Street Food

Ainda ontem, um amigo e eu discutimos o hambúrguer vegetariano da Sin Street Food, dizendo que é o tipo de comida com a qual você começa a sonhar quando não comia há um tempo. Parece que pode ser muito denso ou seco, mas na verdade é cheio de sabores e texturas interessantes, com uma mastigabilidade satisfatória raramente encontrada nas versões vegetarianas do hambúrguer nobre. O ketchup doce-salgado caseiro é uma delícia e você pode optar por comê-lo com ou sem laticínios.

Além disso, Sin vende outros sanduíches, wraps e uma espécie de prato misto semelhante a um thali, cheio de pratos vegetarianos orgânicos, muitas vezes inspirados na Índia. Eles também fazem seus próprios sucos de frutas e limonadas. Não importa o que você peça, os petiscos bem feitos vão deixar você se sentindo recheado, mas feliz.

2. Il Sapore Della Dolce Vita

Grelhando uma delícia piadinas, Sanduíches tipo crepe italiano, de massa caseira e recheados com coisas como mussarela fresca, óleo de trufas e proscuitto, este caminhão amarelo brilhante é difícil de perder - tanto por sua cor quanto pela multidão de pessoas ao seu redor.

Il Sapore Della Dolce Vita atingiu o ponto ideal no transporte de alimentos: o equilíbrio certo entre uma mordida fresca e saborosa que é fácil de comer em pé, uma banca de bebidas que serve vinhos italianos, cervejas e, é claro, o emblemático Spritz Aperol e um atmosfera animada. Mais tarde, nas noites mais quentes, a música aumenta um pouco e se torna um café aconchegante e móvel.

3. El Taco Mobil

Apenas vagando pelo bando de comedores pedindo segundos e terços no El Taco Mobil, você se sentirá como se tivesse sido transportado para uma rua movimentada e quente na Cidade do México.

Este casal belga-mexicano mantém a simplicidade: três tacos feitos com tortilhas de milho, ingredientes frescos e orgânicos e, nas palavras deles, muito amor. O cardápio diário terá duas opções - uma carne, uma vegetariana. Ambos serão receitas mexicanas autênticas como tacos al pastor (com a carne cozida semelhante ao schwarma) ou com nopales (cactos comestíveis) e cheios de sabor.

Você não encontrará o Taco Mobil em todas as esquinas, no entanto. Eles só vão ao mercado semanal das quintas-feiras à noite em Saint Gilles e, a cada segundo domingo, abrem suas lojas no Mercado de Recriação Marche de Tanneurs, em Les Marolles.

4. Bugs em canecas

Trabalhando no cenário dos festivais de música este ano, um food truck se destaca dos demais - principalmente porque é provável que cause arrepios rastejantes. Insetos em canecas vende exatamente o que seu nome diz, exceto mais insetos e menos canecas.

As peças de resistência de seu cardápio são uma coleção de hambúrgueres à base de insetos, brochettes e muito mais, com o objetivo de mostrar uma nova forma de petiscar saborosa e ambientalmente consciente. Para aqueles que não estão interessados ​​em comer hambúrgueres de insetos, eles também têm um menu vegetariano completo, junto com uma seleção encorajadora de cervejas locais orgânicas e vinhos belgas.

Algo para quem gosta de doces. Embora Nanouk só se sente regularmente no Parvis de Saint Gilles às quintas-feiras, seus picolés artesanais perfeitamente formados também estão aparecendo em restaurantes por toda Bruxelas. Esses sorvetes e sorvetes lindamente elaborados são feitos por um show de uma mulher, Christine Waignein, com ingredientes naturais.

Os próprios pops são obras de arte com sabores que incluem abacaxi com gengibre, manjericão e melancia para os sorvetes, pistache, mocha e maçapão para os sorvetes, bem como alguns sabores mais experimentais como abacaxi mojito, aperol spritz e gaspacho .

6. Nata e você

Parece que, de repente, pastéis de nata estão em todos os lugares que você olha em Bruxelas, e isso certamente não é uma coisa ruim. Esta pastelaria doce com torta de ovo de Portugal é o bocado perfeito de sobremesa depois de um bom jantar no food truck, tornando a aparição de Nata & amp You na cena do food truck muito bem-vinda. O carrinho de madeira comprimida simples e feito à mão está a espalhar a cultura portuguesa um bocado de cada vez com estas sobremesas que não podem perder o bolso, juntamente com cofres de abrir os olhos e cocktails refrescantes.

Não é um caminhão, mas uma food bike ecológica, a Cibacco atingiu a cena do almoço no bairro europeu correndo, ou realmente rolando. Dois irmãos de Nápoles, Giuseppe e Luigi Petito, começaram este carrinho de comida para levar a verdadeira comida italiana para o povo. Seu menu curto muda diariamente, mas é composto principalmente por cerca de três pratos quentes italianos clássicos, como os que sua avó faria, como lasanha alla parmigiana ou nhoque alla sorrentina, junto com uma seleção de baguetes cobertas com autênticos charcutaria e queijos italianos e vegetais grelhados.

8. Soul Food Truck

Este caminhão verde tropical tem sido um marco no cenário do mercado em Bruxelas há alguns anos, mas o msemmen de recheio de barriga de Soul Kitch’n, um crepe espesso e oleoso vindo do Norte da África, faz com que as pessoas voltem para mais. Servem-nos doces ou salgados, com recheios como nutella, mel e banana, mas também tomate seco, ricota, azeitonas e merguez.

Às vezes, a longa fila nos horários de pico dos dias de mercado de fim de semana no Flagey faz a pessoa hesitar se vale a pena o esforço, mas depois de ter o crepe pesado em mãos, você não vai se arrepender.

Foto de Hailing Wang Photography, cortesia de El Taco Mobil / Facebook


8 food trucks para experimentar

A cena do food truck está acontecendo constantemente em Bruxelas, e a cada mês ganhando terreno. Agora a cidade hospeda um Festival Food Truck anual e novas barracas estão constantemente aparecendo em mercados e festivais de música.

Aqui estão oito food trucks imperdíveis que você encontrará em Bruxelas.

1. Sin Street Food

Ainda ontem, um amigo e eu discutimos o hambúrguer vegetariano da Sin Street Food, dizendo que é o tipo de comida com a qual você começa a sonhar quando não comia há um tempo. Parece que pode ser muito denso ou seco, mas na verdade é cheio de sabores e texturas interessantes, com uma mastigabilidade satisfatória raramente encontrada nas versões vegetarianas do hambúrguer nobre. O ketchup doce-salgado caseiro é uma delícia e você pode optar por comê-lo com ou sem laticínios.

Fora isso, Sin vende outros sanduíches, wraps e uma espécie de prato misto semelhante a um thali, cheio de pratos vegetarianos orgânicos, muitas vezes inspirados na Índia. Eles também fazem seus próprios sucos de frutas e limonadas. Não importa o que você peça, os petiscos bem feitos vão deixar você se sentindo recheado, mas feliz.

2. Il Sapore Della Dolce Vita

Grelhando uma delícia piadinas, Sanduíches tipo crepe italiano, de massa caseira e recheados com coisas como mussarela fresca, óleo de trufas e proscuitto, este caminhão amarelo brilhante é difícil de perder - tanto por sua cor quanto pela multidão de pessoas ao seu redor.

Il Sapore Della Dolce Vita atingiu o ponto ideal no transporte de alimentos: o equilíbrio certo entre uma mordida fresca e saborosa que é fácil de comer em pé, uma banca de bebidas que serve vinhos italianos, cervejas e, claro, o emblemático Spritz Aperol e um atmosfera animada. Mais tarde, nas noites mais quentes, a música aumenta um pouco e se torna um café aconchegante e móvel.

3. El Taco Mobil

Apenas vagando pelo bando de comedores pedindo segundos e terços no El Taco Mobil, você se sentirá como se tivesse sido transportado para uma rua movimentada e quente na Cidade do México.

Este casal belga-mexicano mantém a simplicidade: três tacos feitos com tortilhas de milho, ingredientes frescos e orgânicos e, nas palavras deles, muito amor. O cardápio diário terá duas opções - uma carne, uma vegetariana. Ambos serão receitas mexicanas autênticas como tacos al pastor (com a carne cozida semelhante ao schwarma) ou com nopales (cactos comestíveis) e cheios de sabor.

Você não encontrará o Taco Mobil em todas as esquinas, no entanto. Eles só vão ao mercado semanal das quintas-feiras à noite em Saint Gilles e, a cada segundo domingo, abrem suas lojas no Mercado de Recriação Marche de Tanneurs, em Les Marolles.

4. Bugs em canecas

Trabalhando no cenário dos festivais de música este ano, um food truck se destaca dos demais - principalmente porque é provável que cause arrepios rastejantes. Insetos em canecas vende exatamente o que seu nome diz, exceto mais insetos e menos canecas.

As peças de resistência de seu cardápio são uma coleção de hambúrgueres à base de insetos, brochettes e muito mais, com o objetivo de mostrar uma nova forma de petiscar saborosa e ambientalmente consciente. Para aqueles que não estão interessados ​​em comer hambúrgueres de insetos, eles também têm um menu vegetariano completo, junto com uma seleção encorajadora de cervejas locais orgânicas e vinhos belgas.

Algo para quem gosta de doces. Embora Nanouk só se sente regularmente no Parvis de Saint Gilles às quintas-feiras, seus picolés artesanais perfeitamente formados também estão aparecendo em restaurantes por toda Bruxelas. Esses sorvetes e sorvetes lindamente elaborados são feitos por um show de uma mulher, Christine Waignein, com ingredientes naturais.

Os próprios pops são obras de arte com sabores que incluem abacaxi com gengibre, manjericão e melancia para os sorvetes, pistache, mocha e maçapão para os sorvetes, bem como alguns sabores mais experimentais como abacaxi mojito, aperol spritz e gaspacho .

6. Nata e você

Parece que, de repente, pastéis de nata estão em todos os lugares que você olha em Bruxelas, e isso certamente não é uma coisa ruim. Esta pastelaria doce com torta de ovo de Portugal é o bocado perfeito de sobremesa depois de um bom jantar no food truck, tornando a aparição de Nata & amp You na cena do food truck muito bem-vinda. O carrinho de madeira comprimida simples e feito à mão está a espalhar a cultura portuguesa um bocado de cada vez com estas sobremesas que não podem perder o bolso, juntamente com cofres de abrir os olhos e cocktails refrescantes.

Não é um caminhão, mas uma food bike ecológica, a Cibacco atingiu a cena do almoço no bairro europeu correndo, ou realmente rolando. Dois irmãos de Nápoles, Giuseppe e Luigi Petito, começaram este carrinho de comida para levar a verdadeira comida italiana para o povo. Seu menu curto muda diariamente, mas é composto principalmente por cerca de três pratos quentes italianos clássicos, como os que sua avó faria, como lasanha alla parmigiana ou nhoque alla sorrentina, junto com uma seleção de baguetes cobertas com autênticos charcutaria e queijos italianos e vegetais grelhados.

8. Soul Food Truck

Este caminhão verde tropical tem sido um marco no cenário do mercado em Bruxelas há alguns anos, mas o msemmen de recheio de barriga de Soul Kitch’n, um crepe espesso e oleoso vindo do Norte da África, faz com que as pessoas voltem para mais. Eles os servem doces ou salgados, com coberturas como nutella, mel e banana, mas também tomate seco, ricota, azeitonas e merguez.

Às vezes, a longa fila nos horários de pico dos dias de mercado de fim de semana no Flagey faz a pessoa hesitar se vale a pena o esforço, mas depois de ter o crepe pesado em mãos, você não vai se arrepender.

Foto de Hailing Wang Photography, cortesia de El Taco Mobil / Facebook


8 food trucks para experimentar

A cena do food truck está acontecendo constantemente em Bruxelas, e a cada mês ganhando terreno. Agora a cidade hospeda um Festival Food Truck anual e novas barracas estão constantemente aparecendo em mercados e festivais de música.

Aqui estão oito food trucks imperdíveis que você encontrará em Bruxelas.

1. Sin Street Food

Ainda ontem, um amigo e eu discutimos o hambúrguer vegetariano da Sin Street Food, dizendo que é o tipo de comida com a qual você começa a sonhar quando não comia há um tempo. Parece que pode ser muito denso ou seco, mas na verdade é cheio de sabores e texturas interessantes, com uma mastigabilidade satisfatória raramente encontrada nas versões vegetarianas do hambúrguer nobre. O ketchup doce-salgado caseiro é uma delícia e você pode optar por comê-lo com ou sem laticínios.

Além disso, Sin vende outros sanduíches, wraps e uma espécie de prato misto semelhante a um thali, cheio de pratos vegetarianos orgânicos, muitas vezes inspirados na Índia. Eles também fazem seus próprios sucos de frutas e limonadas. Não importa o que você peça, os petiscos bem feitos vão deixar você se sentindo recheado, mas feliz.

2. Il Sapore Della Dolce Vita

Grelhando uma delícia piadinas, Sanduíches tipo crepe italiano, de massa caseira e recheados com coisas como mussarela fresca, óleo de trufas e proscuitto, este caminhão amarelo brilhante é difícil de perder - tanto por sua cor quanto pela multidão de pessoas ao seu redor.

Il Sapore Della Dolce Vita atingiu o ponto ideal no transporte de alimentos: o equilíbrio certo entre uma mordida fresca e saborosa que é fácil de comer em pé, uma banca de bebidas que serve vinhos italianos, cervejas e, claro, o emblemático Spritz Aperol e um atmosfera animada. Mais tarde, nas noites mais quentes, a música aumenta um pouco e se torna um café aconchegante e móvel.

3. El Taco Mobil

Apenas vagando pelo bando de comedores pedindo segundos e terços no El Taco Mobil, você se sentirá como se tivesse sido transportado para uma rua movimentada e quente na Cidade do México.

Este casal belga-mexicano mantém a simplicidade: três tacos feitos com tortilhas de milho, ingredientes frescos e orgânicos e, nas palavras deles, muito amor. O cardápio diário terá duas opções - uma carne, uma vegetariana. Ambos serão receitas mexicanas autênticas como tacos al pastor (com a carne cozida semelhante ao schwarma) ou com nopales (cactos comestíveis) e cheios de sabor.

Você não encontrará o Taco Mobil em todas as esquinas, no entanto. Eles só vão ao mercado semanal das quintas-feiras à noite em Saint Gilles e, a cada segundo domingo, abrem suas lojas no Mercado de Recriação Marche de Tanneurs, em Les Marolles.

4. Bugs em canecas

Trabalhando no cenário dos festivais de música este ano, um food truck se destaca dos demais - principalmente porque é provável que cause arrepios rastejantes. Insetos em canecas vende exatamente o que seu nome diz, exceto mais insetos e menos canecas.

As peças de resistência de seu cardápio são uma coleção de hambúrgueres à base de insetos, brochettes e muito mais, com o objetivo de mostrar uma nova forma saborosa e ambientalmente consciente de petiscar. Para aqueles que não estão interessados ​​em comer hambúrgueres de insetos, eles também têm um menu vegetariano completo, junto com uma seleção encorajadora de cervejas locais orgânicas e vinhos belgas.

Algo para quem gosta de doces. Embora Nanouk só se sente regularmente no Parvis de Saint Gilles às quintas-feiras, seus picolés artesanais perfeitamente formados também estão aparecendo em restaurantes por toda Bruxelas. Esses sorvetes e sorvetes lindamente elaborados são feitos por um show de uma mulher, Christine Waignein, com ingredientes naturais.

Os próprios pops são obras de arte com sabores que incluem abacaxi com gengibre, manjericão e melancia para os sorvetes, pistache, mocha e maçapão para os sorvetes, bem como alguns sabores mais experimentais como abacaxi mojito, aperol spritz e gaspacho .

6. Nata e você

Parece que, de repente, pastéis de nata estão por toda parte para onde você olha em Bruxelas, e isso certamente não é uma coisa ruim. Esta pastelaria doce de torta de ovo de Portugal é o bocado perfeito de sobremesa após um jantar de food truck, tornando a aparição de Nata & amp You no cenário de food truck muito bem-vinda. O carrinho de madeira comprimida simples e feito à mão está a espalhar a cultura portuguesa um bocado de cada vez com estas sobremesas que não podem perder o bolso, juntamente com cofres de abrir os olhos e cocktails refrescantes.

Não é um caminhão, mas uma food bike ecológica, a Cibacco atingiu a cena do almoço no bairro europeu correndo, ou realmente rolando. Dois irmãos de Nápoles, Giuseppe e Luigi Petito, começaram este carrinho de comida para levar a verdadeira comida italiana para o povo. Seu menu curto muda diariamente, mas é composto principalmente por cerca de três pratos quentes italianos clássicos, como os que sua avó faria, como lasanha alla parmigiana ou nhoque alla sorrentina, junto com uma seleção de baguetes cobertas com autênticos charcutaria e queijos italianos e vegetais grelhados.

8. Soul Food Truck

Este caminhão verde tropical tem sido um marco no cenário do mercado em Bruxelas há alguns anos, mas o msemmen de recheio de barriga de Soul Kitch’n, um crepe espesso e oleoso vindo do Norte da África, faz com que as pessoas voltem para mais. Eles os servem doces ou salgados, com coberturas como nutella, mel e banana, mas também tomate seco, ricota, azeitonas e merguez.

Às vezes, a longa fila nas horas de pico dos dias de mercado de fim de semana em Flagey faz a pessoa hesitar se vale a pena o esforço, mas depois de ter o crepe pesado em mãos, você não vai se arrepender.

Foto de Hailing Wang Photography, cortesia de El Taco Mobil / Facebook


8 food trucks para experimentar

A cena do food truck está acontecendo constantemente em Bruxelas, e a cada mês ganhando terreno. Agora a cidade hospeda um Festival Food Truck anual e novas barracas estão constantemente aparecendo em mercados e festivais de música.

Aqui estão oito food trucks imperdíveis que você encontrará em Bruxelas.

1. Sin Street Food

Ainda ontem, um amigo e eu discutimos o hambúrguer vegetariano da Sin Street Food, dizendo que é o tipo de comida com a qual você começa a sonhar quando não comia há um tempo. Parece que pode ser muito denso ou seco, mas na verdade é cheio de sabores e texturas interessantes, com uma mastigabilidade satisfatória raramente encontrada nas versões vegetarianas do hambúrguer nobre. O ketchup doce-salgado caseiro é uma delícia e você pode optar por comê-lo com ou sem laticínios.

Além disso, Sin vende outros sanduíches, wraps e uma espécie de prato misto semelhante a um thali, cheio de pratos vegetarianos orgânicos, muitas vezes inspirados na Índia. Eles também fazem seus próprios sucos de frutas e limonadas. Não importa o que você peça, os petiscos bem feitos vão deixar você se sentindo recheado, mas feliz.

2. Il Sapore Della Dolce Vita

Grelhando uma delícia piadinas, Sanduíches tipo crepe italiano, de massa caseira e recheados com coisas como mussarela fresca, óleo de trufas e proscuitto, este caminhão amarelo brilhante é difícil de perder - tanto por sua cor quanto pela multidão de pessoas ao seu redor.

Il Sapore Della Dolce Vita atingiu o ponto ideal no transporte de alimentos: o equilíbrio certo entre uma mordida fresca e saborosa que é fácil de comer em pé, uma banca de bebidas que serve vinhos italianos, cervejas e, é claro, o emblemático Spritz Aperol e um atmosfera animada. Mais tarde, nas noites mais quentes, a música aumenta um pouco e se torna um café aconchegante e móvel.

3. El Taco Mobil

Apenas vagando pelo horda de comedores pedindo segundos e terços no El Taco Mobil, você se sentirá como se tivesse sido transportado para uma rua quente e movimentada na Cidade do México.

Este casal belga-mexicano mantém a simplicidade: três tacos feitos com tortilhas de milho, ingredientes frescos e orgânicos e, nas palavras deles, muito amor. O cardápio diário terá duas opções - uma carne, uma vegetariana. Ambos serão receitas mexicanas autênticas como tacos al pastor (com a carne cozida semelhante ao schwarma) ou com nopales (cactos comestíveis) e cheios de sabor.

Você não encontrará o Taco Mobil em todas as esquinas, no entanto. Eles só vêm ao mercado semanal das quintas-feiras à noite em Saint Gilles e, a cada segundo domingo, abrem suas lojas no Mercado de Recriação Marche de Tanneurs, em Les Marolles.

4. Bugs em canecas

Trabalhando no cenário dos festivais de música este ano, um food truck se destaca dos demais - principalmente porque é provável que cause arrepios rastejantes. Insetos em canecas vende exatamente o que seu nome diz, exceto mais insetos e menos canecas.

As peças de resistência de seu cardápio são uma coleção de hambúrgueres à base de insetos, brochettes e muito mais, com o objetivo de mostrar uma nova forma de petiscar saborosa e ambientalmente consciente. Para aqueles que não estão interessados ​​em comer hambúrgueres de insetos, eles também têm um menu vegetariano completo, junto com uma seleção encorajadora de cervejas locais orgânicas e vinhos belgas.

Algo para quem gosta de doces. Embora Nanouk só se sente regularmente no Parvis de Saint Gilles às quintas-feiras, seus picolés artesanais perfeitamente formados também estão aparecendo em restaurantes por toda Bruxelas. Esses sorvetes e sorvetes lindamente elaborados são feitos por um show de uma mulher, Christine Waignein, com ingredientes naturais.

Os próprios pops são obras de arte com sabores que incluem abacaxi com gengibre, manjericão e melancia para os sorvetes, pistache, mocha e maçapão para os sorvetes, bem como alguns sabores mais experimentais como abacaxi mojito, aperol spritz e gaspacho .

6. Nata e você

Parece que, de repente, pastéis de nata estão em todos os lugares que você olha em Bruxelas, e isso certamente não é uma coisa ruim. Esta pastelaria doce com torta de ovo de Portugal é o bocado perfeito de sobremesa depois de um bom jantar no food truck, tornando a aparição de Nata & amp You na cena do food truck muito bem-vinda. O carrinho de madeira comprimida simples, feito à mão, está a espalhar a cultura portuguesa um bocado de cada vez com estas sobremesas que não custam nada na carteira, juntamente com cofres que abrem os olhos e cocktails refrescantes.

Não é um caminhão, mas uma food bike ecológica, a Cibacco atingiu a cena do almoço no bairro europeu correndo, ou realmente rolando. Dois irmãos de Nápoles, Giuseppe e Luigi Petito, começaram este carrinho de comida para levar a verdadeira comida italiana para o povo. Seu menu curto muda diariamente, mas é composto principalmente por cerca de três pratos quentes italianos clássicos, como os que sua avó faria, como lasanha alla parmigiana ou nhoque alla sorrentina, junto com uma seleção de baguetes cobertas com autênticos charcutaria e queijos italianos e vegetais grelhados.

8. Soul Food Truck

Este caminhão verde tropical tem sido um marco no cenário do mercado em Bruxelas há alguns anos, mas o msemmen de recheio de barriga de Soul Kitch’n, um crepe espesso e oleoso vindo do Norte da África, faz com que as pessoas voltem para mais. Eles os servem doces ou salgados, com coberturas como nutella, mel e banana, mas também tomate seco, ricota, azeitonas e merguez.

Às vezes, a longa fila nos horários de pico dos dias de mercado de fim de semana no Flagey faz a pessoa hesitar se vale a pena o esforço, mas depois de ter o crepe pesado em mãos, você não vai se arrepender.

Foto de Hailing Wang Photography, cortesia de El Taco Mobil / Facebook


8 food trucks para experimentar

A cena do food truck está acontecendo constantemente em Bruxelas, e a cada mês ganhando terreno. Agora a cidade hospeda um Festival Food Truck anual e novas barracas estão constantemente aparecendo em mercados e festivais de música.

Aqui estão oito food trucks imperdíveis que você encontrará em Bruxelas.

1. Sin Street Food

Ainda ontem, um amigo e eu discutimos o hambúrguer vegetariano da Sin Street Food, dizendo que é o tipo de comida com a qual você começa a sonhar quando não comia há um tempo. Parece que pode ser muito denso ou seco, mas na verdade é cheio de sabores e texturas interessantes, com uma mastigabilidade satisfatória raramente encontrada nas versões vegetarianas do hambúrguer nobre. O ketchup doce-salgado caseiro é uma delícia e você pode optar por comê-lo com ou sem laticínios.

Fora isso, Sin vende outros sanduíches, wraps e uma espécie de prato misto semelhante a um thali, cheio de pratos vegetarianos orgânicos, muitas vezes inspirados na Índia. Eles também fazem seus próprios sucos de frutas e limonadas. Não importa o que você peça, os petiscos bem feitos vão deixar você se sentindo recheado, mas feliz.

2. Il Sapore Della Dolce Vita

Grelhando uma delícia piadinas, Sanduíches tipo crepe italiano, de massa caseira e recheados com coisas como mussarela fresca, óleo de trufas e proscuitto, este caminhão amarelo brilhante é difícil de perder - tanto por sua cor quanto pela multidão de pessoas ao seu redor.

Il Sapore Della Dolce Vita atingiu o ponto ideal no transporte de alimentos: o equilíbrio certo entre uma mordida fresca e saborosa que é fácil de comer em pé, uma banca de bebidas que serve vinhos italianos, cervejas e, claro, o emblemático Spritz Aperol e um atmosfera animada. Mais tarde, nas noites mais quentes, a música aumenta um pouco e se torna um café aconchegante e móvel.

3. El Taco Mobil

Apenas vagando pelo horda de comedores pedindo segundos e terços no El Taco Mobil, você se sentirá como se tivesse sido transportado para uma rua movimentada e quente na Cidade do México.

Este casal belga-mexicano mantém a simplicidade: três tacos feitos com tortilhas de milho, ingredientes frescos e orgânicos e, nas palavras deles, muito amor. O cardápio diário terá duas opções - uma carne, uma vegetariana. Ambos serão receitas mexicanas autênticas como tacos al pastor (com a carne cozida semelhante ao schwarma) ou com nopales (cactos comestíveis) e cheios de sabor.

Você não encontrará o Taco Mobil em todas as esquinas, no entanto. They only come to the weekly Thursday-night market at Saint Gilles and and every second Sunday they set up shop at the Marche de Tanneurs Re-Creation Market in Les Marolles.

4. Bugs in Mugs

Working the music festival scene this year, one food truck stands out from the rest – mainly because it’s likely to give you the creepy-crawlies. Bugs in Mugs sells exactly what their name says, except more bugs and fewer mugs.

The pièces de résistance of its menu are a collection of insect-based burgers, brochettes and beyond, aiming at showing a tasty, environmentally conscious new way of snacking. For those not interested in eating bug burgers, they also have a full vegetarian menu as well, along with an emboldening selection of local, organic beers and Belgian wines.

Something for the sweet tooth. While Nanouk only regularly sits on the Parvis de Saint Gilles on Thursdays, its perfectly formed artisanal popsicles are also popping up in restaurants all over Brussels. These beautifully crafted ice creams and sorbets are made by a one-woman show, Christine Waignein, from all natural ingredients.

The pops themselves are works of art with flavours including pineapple-ginger, apricot-basil and watermelon-mint for the sorbets, pistachio, mocha and marzipan for the ice creams, as well as some more experimental tastes like mojito pineapple, Aperol spritz and gazpacho.

6. Nata & You

It seems like suddenly pastéis de nata are everywhere you look in Brussels, and that’s certainly not a bad thing. This sweet egg tart pastry from Portugal is the perfect mouthful of dessert after some fine food truck dining, making Nata & You’s appearance on the food truck scene very welcome. The simple, hand-made compressed wood cart is spreading Portuguese culture one bite at a time with these wallet-friendly desserts, along with eye-opening coffes and refreshing cocktails.

Not a truck but an eco-friendly food bike, Cibacco has hit the lunch scene in the European quarter running, or rolling really. Two brothers from Naples, Giuseppe and Luigi Petito, started this food cart to bring real Italian food to the people. Their short menu changes daily, but is mostly made up of around three classic Italian warm dishes, like the ones their grandmother would make, such as lasagne alla parmigiana or gnocchi alla sorrentina, along with a selection of baguettes topped with authentic Italian charcuteries and cheeses and grilled vegetables.

8. Soul Food Truck

This tropical green truck has been a staple of the market scene around Brussels for a couple years now, but Soul Kitch’n’s belly-stuffing msemmen, a thick, oily crepe coming from the North of Africa, keeps people coming back for more. They serve them sweet or savoury, with toppings such as nutella, honey and banana, but also sundried tomato, ricotta, olives and merguez.

Sometimes the long queue at the peak hours of weekend market days on Flagey makes one hesitate if it’s worth the effort, but once you have the heavy crepe in hand, you won’t regret it.

Photo by Hailing Wang Photography, courtesy El Taco Mobil/Facebook


8 food trucks to try

The food truck scene is rolling along steady in Brussels, and every month gaining ground. Now the city hosts a yearly Food Truck Festival and new stands are constantly popping up at market places and music festivals alike.

Here are eight food trucks not to miss that you’ll find around Brussels.

1. Sin Street Food

Only yesterday, a friend and I discussed Sin Street Food’s veggie burger, saying that it’s the type of food you start dreaming about when you haven’t had it for a while. It looks like it might be perhaps too dense or dry, but is in fact filled with flavour and interesting textures, with a satisfying chewiness rarely found in vegetarian versions of the noble burger. The sweet-salty homemade ketchup is a delight and you can choose to have it with or sans dairy.

Other than that, Sin sells other sandwiches, wraps and a sort of thali-like mixed plate full of often Indian-inspired, organic, vegetarian dishes. They also make their own fruit juices and lemonades. No matter what you order, the well-made snacks will leave you feeling stuffed but happy.

2. Il Sapore Della Dolce Vita

Grilling up delicious piadinas, Italian crepe-like sandwiches, from home-made dough and stuffed with things like fresh mozzarella, truffle oil and proscuitto, this bright yellow truck is hard to miss – both for its colour and the crowd of people around it.

Il Sapore Della Dolce Vita has hit the sweet spot in food trucking: the right balance between a fresh, tasty bite that’s easy to eat standing up, a booze stand serving Italian wines, beers and, of course, the emblematic spritz Aperol, and a lively atmosphere. Later on warmer evenings, the music gets turned up a bit and it becomes a cosy, mobile café.

3. El Taco Mobil

Just wandering by the hoard of eaters ordering seconds and thirds at El Taco Mobil you’ll feel like you’ve been transported to a warm, busy street in Mexico City.

This Belgian-Mexican couple keep it simple: three tacos made with corn tortillas, fresh, organic ingredients and, in their words, a lot of “amor”. The daily menu will have two options – one meat, one veggie. Both will be authentic Mexican recipes like tacos al pastor (with the meat cooked similar to schwarma) or with nopales (edible cacti) and bursting with flavour.

You won’t find Taco Mobil on every street corner, however. They only come to the weekly Thursday-night market at Saint Gilles and and every second Sunday they set up shop at the Marche de Tanneurs Re-Creation Market in Les Marolles.

4. Bugs in Mugs

Working the music festival scene this year, one food truck stands out from the rest – mainly because it’s likely to give you the creepy-crawlies. Bugs in Mugs sells exactly what their name says, except more bugs and fewer mugs.

The pièces de résistance of its menu are a collection of insect-based burgers, brochettes and beyond, aiming at showing a tasty, environmentally conscious new way of snacking. For those not interested in eating bug burgers, they also have a full vegetarian menu as well, along with an emboldening selection of local, organic beers and Belgian wines.

Something for the sweet tooth. While Nanouk only regularly sits on the Parvis de Saint Gilles on Thursdays, its perfectly formed artisanal popsicles are also popping up in restaurants all over Brussels. These beautifully crafted ice creams and sorbets are made by a one-woman show, Christine Waignein, from all natural ingredients.

The pops themselves are works of art with flavours including pineapple-ginger, apricot-basil and watermelon-mint for the sorbets, pistachio, mocha and marzipan for the ice creams, as well as some more experimental tastes like mojito pineapple, Aperol spritz and gazpacho.

6. Nata & You

It seems like suddenly pastéis de nata are everywhere you look in Brussels, and that’s certainly not a bad thing. This sweet egg tart pastry from Portugal is the perfect mouthful of dessert after some fine food truck dining, making Nata & You’s appearance on the food truck scene very welcome. The simple, hand-made compressed wood cart is spreading Portuguese culture one bite at a time with these wallet-friendly desserts, along with eye-opening coffes and refreshing cocktails.

Not a truck but an eco-friendly food bike, Cibacco has hit the lunch scene in the European quarter running, or rolling really. Two brothers from Naples, Giuseppe and Luigi Petito, started this food cart to bring real Italian food to the people. Their short menu changes daily, but is mostly made up of around three classic Italian warm dishes, like the ones their grandmother would make, such as lasagne alla parmigiana or gnocchi alla sorrentina, along with a selection of baguettes topped with authentic Italian charcuteries and cheeses and grilled vegetables.

8. Soul Food Truck

This tropical green truck has been a staple of the market scene around Brussels for a couple years now, but Soul Kitch’n’s belly-stuffing msemmen, a thick, oily crepe coming from the North of Africa, keeps people coming back for more. They serve them sweet or savoury, with toppings such as nutella, honey and banana, but also sundried tomato, ricotta, olives and merguez.

Sometimes the long queue at the peak hours of weekend market days on Flagey makes one hesitate if it’s worth the effort, but once you have the heavy crepe in hand, you won’t regret it.

Photo by Hailing Wang Photography, courtesy El Taco Mobil/Facebook


8 food trucks to try

The food truck scene is rolling along steady in Brussels, and every month gaining ground. Now the city hosts a yearly Food Truck Festival and new stands are constantly popping up at market places and music festivals alike.

Here are eight food trucks not to miss that you’ll find around Brussels.

1. Sin Street Food

Only yesterday, a friend and I discussed Sin Street Food’s veggie burger, saying that it’s the type of food you start dreaming about when you haven’t had it for a while. It looks like it might be perhaps too dense or dry, but is in fact filled with flavour and interesting textures, with a satisfying chewiness rarely found in vegetarian versions of the noble burger. The sweet-salty homemade ketchup is a delight and you can choose to have it with or sans dairy.

Other than that, Sin sells other sandwiches, wraps and a sort of thali-like mixed plate full of often Indian-inspired, organic, vegetarian dishes. They also make their own fruit juices and lemonades. No matter what you order, the well-made snacks will leave you feeling stuffed but happy.

2. Il Sapore Della Dolce Vita

Grilling up delicious piadinas, Italian crepe-like sandwiches, from home-made dough and stuffed with things like fresh mozzarella, truffle oil and proscuitto, this bright yellow truck is hard to miss – both for its colour and the crowd of people around it.

Il Sapore Della Dolce Vita has hit the sweet spot in food trucking: the right balance between a fresh, tasty bite that’s easy to eat standing up, a booze stand serving Italian wines, beers and, of course, the emblematic spritz Aperol, and a lively atmosphere. Later on warmer evenings, the music gets turned up a bit and it becomes a cosy, mobile café.

3. El Taco Mobil

Just wandering by the hoard of eaters ordering seconds and thirds at El Taco Mobil you’ll feel like you’ve been transported to a warm, busy street in Mexico City.

This Belgian-Mexican couple keep it simple: three tacos made with corn tortillas, fresh, organic ingredients and, in their words, a lot of “amor”. The daily menu will have two options – one meat, one veggie. Both will be authentic Mexican recipes like tacos al pastor (with the meat cooked similar to schwarma) or with nopales (edible cacti) and bursting with flavour.

You won’t find Taco Mobil on every street corner, however. They only come to the weekly Thursday-night market at Saint Gilles and and every second Sunday they set up shop at the Marche de Tanneurs Re-Creation Market in Les Marolles.

4. Bugs in Mugs

Working the music festival scene this year, one food truck stands out from the rest – mainly because it’s likely to give you the creepy-crawlies. Bugs in Mugs sells exactly what their name says, except more bugs and fewer mugs.

The pièces de résistance of its menu are a collection of insect-based burgers, brochettes and beyond, aiming at showing a tasty, environmentally conscious new way of snacking. For those not interested in eating bug burgers, they also have a full vegetarian menu as well, along with an emboldening selection of local, organic beers and Belgian wines.

Something for the sweet tooth. While Nanouk only regularly sits on the Parvis de Saint Gilles on Thursdays, its perfectly formed artisanal popsicles are also popping up in restaurants all over Brussels. These beautifully crafted ice creams and sorbets are made by a one-woman show, Christine Waignein, from all natural ingredients.

The pops themselves are works of art with flavours including pineapple-ginger, apricot-basil and watermelon-mint for the sorbets, pistachio, mocha and marzipan for the ice creams, as well as some more experimental tastes like mojito pineapple, Aperol spritz and gazpacho.

6. Nata & You

It seems like suddenly pastéis de nata are everywhere you look in Brussels, and that’s certainly not a bad thing. This sweet egg tart pastry from Portugal is the perfect mouthful of dessert after some fine food truck dining, making Nata & You’s appearance on the food truck scene very welcome. The simple, hand-made compressed wood cart is spreading Portuguese culture one bite at a time with these wallet-friendly desserts, along with eye-opening coffes and refreshing cocktails.

Not a truck but an eco-friendly food bike, Cibacco has hit the lunch scene in the European quarter running, or rolling really. Two brothers from Naples, Giuseppe and Luigi Petito, started this food cart to bring real Italian food to the people. Their short menu changes daily, but is mostly made up of around three classic Italian warm dishes, like the ones their grandmother would make, such as lasagne alla parmigiana or gnocchi alla sorrentina, along with a selection of baguettes topped with authentic Italian charcuteries and cheeses and grilled vegetables.

8. Soul Food Truck

This tropical green truck has been a staple of the market scene around Brussels for a couple years now, but Soul Kitch’n’s belly-stuffing msemmen, a thick, oily crepe coming from the North of Africa, keeps people coming back for more. They serve them sweet or savoury, with toppings such as nutella, honey and banana, but also sundried tomato, ricotta, olives and merguez.

Sometimes the long queue at the peak hours of weekend market days on Flagey makes one hesitate if it’s worth the effort, but once you have the heavy crepe in hand, you won’t regret it.

Photo by Hailing Wang Photography, courtesy El Taco Mobil/Facebook


8 food trucks to try

The food truck scene is rolling along steady in Brussels, and every month gaining ground. Now the city hosts a yearly Food Truck Festival and new stands are constantly popping up at market places and music festivals alike.

Here are eight food trucks not to miss that you’ll find around Brussels.

1. Sin Street Food

Only yesterday, a friend and I discussed Sin Street Food’s veggie burger, saying that it’s the type of food you start dreaming about when you haven’t had it for a while. It looks like it might be perhaps too dense or dry, but is in fact filled with flavour and interesting textures, with a satisfying chewiness rarely found in vegetarian versions of the noble burger. The sweet-salty homemade ketchup is a delight and you can choose to have it with or sans dairy.

Other than that, Sin sells other sandwiches, wraps and a sort of thali-like mixed plate full of often Indian-inspired, organic, vegetarian dishes. They also make their own fruit juices and lemonades. No matter what you order, the well-made snacks will leave you feeling stuffed but happy.

2. Il Sapore Della Dolce Vita

Grilling up delicious piadinas, Italian crepe-like sandwiches, from home-made dough and stuffed with things like fresh mozzarella, truffle oil and proscuitto, this bright yellow truck is hard to miss – both for its colour and the crowd of people around it.

Il Sapore Della Dolce Vita has hit the sweet spot in food trucking: the right balance between a fresh, tasty bite that’s easy to eat standing up, a booze stand serving Italian wines, beers and, of course, the emblematic spritz Aperol, and a lively atmosphere. Later on warmer evenings, the music gets turned up a bit and it becomes a cosy, mobile café.

3. El Taco Mobil

Just wandering by the hoard of eaters ordering seconds and thirds at El Taco Mobil you’ll feel like you’ve been transported to a warm, busy street in Mexico City.

This Belgian-Mexican couple keep it simple: three tacos made with corn tortillas, fresh, organic ingredients and, in their words, a lot of “amor”. The daily menu will have two options – one meat, one veggie. Both will be authentic Mexican recipes like tacos al pastor (with the meat cooked similar to schwarma) or with nopales (edible cacti) and bursting with flavour.

You won’t find Taco Mobil on every street corner, however. They only come to the weekly Thursday-night market at Saint Gilles and and every second Sunday they set up shop at the Marche de Tanneurs Re-Creation Market in Les Marolles.

4. Bugs in Mugs

Working the music festival scene this year, one food truck stands out from the rest – mainly because it’s likely to give you the creepy-crawlies. Bugs in Mugs sells exactly what their name says, except more bugs and fewer mugs.

The pièces de résistance of its menu are a collection of insect-based burgers, brochettes and beyond, aiming at showing a tasty, environmentally conscious new way of snacking. For those not interested in eating bug burgers, they also have a full vegetarian menu as well, along with an emboldening selection of local, organic beers and Belgian wines.

Something for the sweet tooth. While Nanouk only regularly sits on the Parvis de Saint Gilles on Thursdays, its perfectly formed artisanal popsicles are also popping up in restaurants all over Brussels. These beautifully crafted ice creams and sorbets are made by a one-woman show, Christine Waignein, from all natural ingredients.

The pops themselves are works of art with flavours including pineapple-ginger, apricot-basil and watermelon-mint for the sorbets, pistachio, mocha and marzipan for the ice creams, as well as some more experimental tastes like mojito pineapple, Aperol spritz and gazpacho.

6. Nata & You

It seems like suddenly pastéis de nata are everywhere you look in Brussels, and that’s certainly not a bad thing. This sweet egg tart pastry from Portugal is the perfect mouthful of dessert after some fine food truck dining, making Nata & You’s appearance on the food truck scene very welcome. The simple, hand-made compressed wood cart is spreading Portuguese culture one bite at a time with these wallet-friendly desserts, along with eye-opening coffes and refreshing cocktails.

Not a truck but an eco-friendly food bike, Cibacco has hit the lunch scene in the European quarter running, or rolling really. Two brothers from Naples, Giuseppe and Luigi Petito, started this food cart to bring real Italian food to the people. Their short menu changes daily, but is mostly made up of around three classic Italian warm dishes, like the ones their grandmother would make, such as lasagne alla parmigiana or gnocchi alla sorrentina, along with a selection of baguettes topped with authentic Italian charcuteries and cheeses and grilled vegetables.

8. Soul Food Truck

This tropical green truck has been a staple of the market scene around Brussels for a couple years now, but Soul Kitch’n’s belly-stuffing msemmen, a thick, oily crepe coming from the North of Africa, keeps people coming back for more. They serve them sweet or savoury, with toppings such as nutella, honey and banana, but also sundried tomato, ricotta, olives and merguez.

Sometimes the long queue at the peak hours of weekend market days on Flagey makes one hesitate if it’s worth the effort, but once you have the heavy crepe in hand, you won’t regret it.

Photo by Hailing Wang Photography, courtesy El Taco Mobil/Facebook


8 food trucks to try

The food truck scene is rolling along steady in Brussels, and every month gaining ground. Now the city hosts a yearly Food Truck Festival and new stands are constantly popping up at market places and music festivals alike.

Here are eight food trucks not to miss that you’ll find around Brussels.

1. Sin Street Food

Only yesterday, a friend and I discussed Sin Street Food’s veggie burger, saying that it’s the type of food you start dreaming about when you haven’t had it for a while. It looks like it might be perhaps too dense or dry, but is in fact filled with flavour and interesting textures, with a satisfying chewiness rarely found in vegetarian versions of the noble burger. The sweet-salty homemade ketchup is a delight and you can choose to have it with or sans dairy.

Other than that, Sin sells other sandwiches, wraps and a sort of thali-like mixed plate full of often Indian-inspired, organic, vegetarian dishes. They also make their own fruit juices and lemonades. No matter what you order, the well-made snacks will leave you feeling stuffed but happy.

2. Il Sapore Della Dolce Vita

Grilling up delicious piadinas, Italian crepe-like sandwiches, from home-made dough and stuffed with things like fresh mozzarella, truffle oil and proscuitto, this bright yellow truck is hard to miss – both for its colour and the crowd of people around it.

Il Sapore Della Dolce Vita has hit the sweet spot in food trucking: the right balance between a fresh, tasty bite that’s easy to eat standing up, a booze stand serving Italian wines, beers and, of course, the emblematic spritz Aperol, and a lively atmosphere. Later on warmer evenings, the music gets turned up a bit and it becomes a cosy, mobile café.

3. El Taco Mobil

Just wandering by the hoard of eaters ordering seconds and thirds at El Taco Mobil you’ll feel like you’ve been transported to a warm, busy street in Mexico City.

This Belgian-Mexican couple keep it simple: three tacos made with corn tortillas, fresh, organic ingredients and, in their words, a lot of “amor”. The daily menu will have two options – one meat, one veggie. Both will be authentic Mexican recipes like tacos al pastor (with the meat cooked similar to schwarma) or with nopales (edible cacti) and bursting with flavour.

You won’t find Taco Mobil on every street corner, however. They only come to the weekly Thursday-night market at Saint Gilles and and every second Sunday they set up shop at the Marche de Tanneurs Re-Creation Market in Les Marolles.

4. Bugs in Mugs

Working the music festival scene this year, one food truck stands out from the rest – mainly because it’s likely to give you the creepy-crawlies. Bugs in Mugs sells exactly what their name says, except more bugs and fewer mugs.

The pièces de résistance of its menu are a collection of insect-based burgers, brochettes and beyond, aiming at showing a tasty, environmentally conscious new way of snacking. For those not interested in eating bug burgers, they also have a full vegetarian menu as well, along with an emboldening selection of local, organic beers and Belgian wines.

Something for the sweet tooth. While Nanouk only regularly sits on the Parvis de Saint Gilles on Thursdays, its perfectly formed artisanal popsicles are also popping up in restaurants all over Brussels. These beautifully crafted ice creams and sorbets are made by a one-woman show, Christine Waignein, from all natural ingredients.

The pops themselves are works of art with flavours including pineapple-ginger, apricot-basil and watermelon-mint for the sorbets, pistachio, mocha and marzipan for the ice creams, as well as some more experimental tastes like mojito pineapple, Aperol spritz and gazpacho.

6. Nata & You

It seems like suddenly pastéis de nata are everywhere you look in Brussels, and that’s certainly not a bad thing. This sweet egg tart pastry from Portugal is the perfect mouthful of dessert after some fine food truck dining, making Nata & You’s appearance on the food truck scene very welcome. The simple, hand-made compressed wood cart is spreading Portuguese culture one bite at a time with these wallet-friendly desserts, along with eye-opening coffes and refreshing cocktails.

Not a truck but an eco-friendly food bike, Cibacco has hit the lunch scene in the European quarter running, or rolling really. Two brothers from Naples, Giuseppe and Luigi Petito, started this food cart to bring real Italian food to the people. Their short menu changes daily, but is mostly made up of around three classic Italian warm dishes, like the ones their grandmother would make, such as lasagne alla parmigiana or gnocchi alla sorrentina, along with a selection of baguettes topped with authentic Italian charcuteries and cheeses and grilled vegetables.

8. Soul Food Truck

This tropical green truck has been a staple of the market scene around Brussels for a couple years now, but Soul Kitch’n’s belly-stuffing msemmen, a thick, oily crepe coming from the North of Africa, keeps people coming back for more. They serve them sweet or savoury, with toppings such as nutella, honey and banana, but also sundried tomato, ricotta, olives and merguez.

Sometimes the long queue at the peak hours of weekend market days on Flagey makes one hesitate if it’s worth the effort, but once you have the heavy crepe in hand, you won’t regret it.

Photo by Hailing Wang Photography, courtesy El Taco Mobil/Facebook


Assista o vídeo: Panther Food -Truck Project (Agosto 2022).