Outro

Chá Gelado Refrescante de Hibiscus

Chá Gelado Refrescante de Hibiscus


We are searching data for your request:

Forums and discussions:
Manuals and reference books:
Data from registers:
Wait the end of the search in all databases.
Upon completion, a link will appear to access the found materials.

À medida que o inverno chega a Chicago e os dias ficam mais curtos e frios, acho que fica ainda mais importante lembrar os momentos mais ensolarados da vida. Uma das minhas memórias favoritas deste verão foi tirar uma folga do trabalho no meio da tarde e ir para o meu caminhão de comida favorito para um copo de seu chá gelado de hibisco. Apenas um copo foi o suficiente para me reenergizar pelo resto do dia. Agora que a temperatura começou a cair, encontro-me desejando que aquela energia no meu passo volte. Com esta receita de chá gelado de hibisco, estou definitivamente pronta para enfrentar o resto do inverno.

Tempo de preparação: 5 minutos
Hora de cozinhar: 10 minutos
Tempo total: 15 minutos
Porções: 10

Ingredientes:
2 onças de flores de hibisco secas (volume de cerca de 1 xícara)
8 xícaras de água, divididas em 4 ½ xícaras e 3 ½ xícaras
½ xícara de açúcar (se necessário, mais para gosto)
suco de 1 limão
fatias de limão (para enfeitar)
hortelã (para enfeitar)

Foto de Clark Halpern

1. Leve 4 ½ xícaras de água para ferver no fogão. Pegue uma tigela grande à prova de calor e coloque as flores de hibisco e o açúcar dentro dela.

Foto de Clark Halpern

2. Despeje a água fervente na tigela com as flores de hibisco e o açúcar. Mexa para que o açúcar se dissolva e deixe as flores em infusão por 10 minutos.

Foto de Clark Halpern

3. Depois de bem macerado, estique as flores. Tenha muito cuidado ao coar para não derramar o chá, pois o chá de hibisco mancha muito facilmente.
4. Adicione o suco de limão e as 3 ½ xícaras restantes de água em temperatura ambiente, além de mais açúcar a gosto.
5. Deixe esfriar até a temperatura ambiente e, em seguida, saboreie sobre o gelo com um enfeite de limão e menta.

Foto de Clark Halpern

O post Refreshing Hibiscus Iced Tea apareceu pela primeira vez na Spoon University.


Receita da bebida: Jamaica Cold Brewed (Hibiscus Iced Tea)

Nos caminhões de taco, minha bebida preferida é sempre Jamaica, aquela cerveja vermelha brilhante que é um pouco azeda, um pouco doce e totalmente refrescante em um dia quente. Feita com flores de hibisco secas, a jamaica é fácil de fazer em casa, mas foi só recentemente que descobri como é muito mais saborosa - e ainda mais simples! - pode ser quando você o prepara a frio durante a noite na geladeira.

Adoro o sabor suave do café frio, mas como estou ficando cada vez mais sensível à cafeína (olá, trinta e poucos anos), decidi fazer uma experiência com o chá gelado. O veredicto: yum! A fermentação fria proporciona um chá suave e cheio de sabor, sem amargor ou taninos opressores. Em um artigo do New York Times sobre a fabricação de chá frio, Harold McGee menciona a fabricação de cerveja fria na Jamaica e diz que os químicos de alimentos "descobriram que uma infusão fria de duas horas extrai tantos pigmentos quanto uma infusão quente padrão, e que o o sabor é mais frutado e menos marcado por aromas de folha verde, cravo e cozido. ”

Fiquei intrigado. Então comecei a fazer alguns lotes de teste, mergulhando-os na geladeira durante a noite, com e sem aromas como gengibre fresco e pimenta da Jamaica. Achei o chá resultante muito mais suave e refrescante do que minha bebida tradicional de molho quente, sem nenhum dos sabores “cozidos” que às vezes resultam de oversteeping. Eu também descobri que precisava de muito menos açúcar na versão preparada a frio, ela não tinha bordas afiadas que precisassem ser domesticadas com doçura. (Eu gosto da minha jamaica no lado azedo, então você pode descobrir que quer um pouco mais de xarope simples em sua versão.)

Eu usei flores inteiras (às vezes vendidas como flor da jamaica nos mercados latinos) e saquinhos de chá, e prefiro a versão feita com flores inteiras, que tem um pouco mais de profundidade. Adicionar um pau de canela à mistura dá outra camada de sabor sutil que eu realmente gosto.

O chá de hibisco é apreciado em todo o mundo, da América Central à Ásia, e pesquisas preliminares mostram que ele pode até ajudar a reduzir a pressão arterial de pessoas com hipertensão. O que é muito bom, mas estou bebendo porque bastam cinco minutos de trabalho para fazer um lote de refresco de verão azedo, sem cafeína e levemente adoçado. Agora só preciso de alguns tacos.


Receita da bebida: Jamaica Cold Brewed (Hibiscus Iced Tea)

Nos caminhões de taco, minha bebida preferida é sempre Jamaica, aquela cerveja vermelha brilhante que é um pouco azeda, um pouco doce e totalmente refrescante em um dia quente. Feita com flores de hibisco secas, a jamaica é fácil de fazer em casa, mas foi só recentemente que descobri como é muito mais saborosa - e ainda mais simples! - pode ser quando você o prepara a frio durante a noite na geladeira.

Adoro o sabor suave do café frio, mas como estou ficando cada vez mais sensível à cafeína (olá, trinta e poucos anos), decidi fazer uma experiência com um chá gelado. O veredicto: yum! A fermentação fria proporciona um chá suave e saboroso, sem amargor ou taninos opressores. Em um artigo do New York Times sobre a fabricação de chá frio, Harold McGee menciona a fabricação de cerveja fria na Jamaica e diz que os químicos de alimentos "descobriram que uma infusão fria de duas horas extrai tantos pigmentos quanto uma infusão quente padrão, e que o o sabor é mais frutado e menos marcado por aromas de folha verde, cravo e cozido. ”

Fiquei intrigado. Então comecei a fazer alguns lotes de teste, mergulhando-os na geladeira durante a noite, com e sem aromas como gengibre fresco e pimenta da Jamaica. Achei o chá resultante muito mais suave e refrescante do que minha bebida tradicional de molho quente, sem nenhum dos sabores “cozidos” que às vezes resultam de oversteeping. Eu também descobri que precisava de muito menos açúcar na versão preparada a frio, ela não tinha bordas afiadas que precisassem ser domesticadas com doçura. (Eu gosto da minha jamaica no lado azedo, então você pode descobrir que quer um pouco mais de xarope simples em sua versão.)

Eu usei flores inteiras (às vezes vendidas como flor da jamaica nos mercados latinos) e saquinhos de chá, e prefiro a versão feita com flores inteiras, que tem um pouco mais de profundidade. Adicionar um pau de canela à mistura dá outra camada de sabor sutil que eu realmente gosto.

O chá de hibisco é apreciado em todo o mundo, da América Central à Ásia, e pesquisas preliminares mostram que ele pode até ajudar a reduzir a pressão arterial de pessoas com hipertensão. O que é muito bom, mas estou bebendo porque bastam cinco minutos de trabalho para fazer um lote de refresco de verão azedo, sem cafeína e levemente adoçado. Agora só preciso de alguns tacos.


Receita da bebida: Jamaica Cold Brewed (Hibiscus Iced Tea)

Nos caminhões de taco, minha bebida preferida é sempre Jamaica, aquela cerveja vermelha brilhante que é um pouco azeda, um pouco doce e totalmente refrescante em um dia quente. Feita com flores de hibisco secas, a jamaica é fácil de fazer em casa, mas foi só recentemente que descobri como é muito mais saborosa - e ainda mais simples! - pode ser quando você o prepara a frio durante a noite na geladeira.

Adoro o sabor suave do café frio, mas como estou ficando cada vez mais sensível à cafeína (olá, trinta e poucos anos), decidi fazer uma experiência com um chá gelado. O veredicto: yum! A fermentação fria proporciona um chá suave e saboroso, sem amargor ou taninos opressores. Em um artigo do New York Times sobre a fabricação de chá frio, Harold McGee menciona a fabricação de cerveja fria na Jamaica e diz que os químicos de alimentos "descobriram que uma infusão fria de duas horas extrai tantos pigmentos quanto uma infusão quente padrão, e que o o sabor é mais frutado e menos marcado por aromas de folha verde, cravo e cozido. ”

Fiquei intrigado. Então comecei a fazer alguns lotes de teste, mergulhando-os na geladeira durante a noite, com e sem aromas como gengibre fresco e pimenta da Jamaica. Achei o chá resultante muito mais suave e refrescante do que a minha infusão quente usual, sem nenhum dos sabores “cozidos” que às vezes resultam de oversteeping. Eu também descobri que precisava de muito menos açúcar na versão preparada a frio, ela não tinha bordas afiadas que precisassem ser domesticadas com doçura. (Eu gosto da minha jamaica no lado azedo, então você pode descobrir que quer um pouco mais de xarope simples em sua versão.)

Eu usei flores inteiras (às vezes vendidas como flor da jamaica nos mercados latinos) e saquinhos de chá, e prefiro a versão feita com flores inteiras, que tem um pouco mais de profundidade. Adicionar um pau de canela à mistura dá outra camada de sabor sutil que eu realmente gosto.

O chá de hibisco é apreciado em todo o mundo, da América Central à Ásia, e pesquisas preliminares mostram que ele pode até ajudar a reduzir a pressão arterial de pessoas com hipertensão. O que é muito bom, mas estou bebendo porque bastam cinco minutos de trabalho para fazer um lote de refresco de verão azedo, sem cafeína e levemente adoçado. Agora só preciso de alguns tacos.


Receita de bebida: Jamaica Cold Brewed (Hibiscus Iced Tea)

Nos caminhões de taco, minha bebida preferida é sempre Jamaica, aquela cerveja vermelha brilhante que é um pouco azeda, um pouco doce e totalmente refrescante em um dia quente. Feita com flores de hibisco secas, a jamaica é fácil de fazer em casa, mas foi só recentemente que descobri como é muito mais saborosa - e ainda mais simples! - pode ser quando você o prepara a frio durante a noite na geladeira.

Adoro o sabor suave do café frio, mas como estou ficando cada vez mais sensível à cafeína (olá, trinta e poucos anos), decidi fazer uma experiência com um chá gelado. O veredicto: yum! A fermentação fria proporciona um chá suave e cheio de sabor, sem amargor ou taninos opressores. Em um artigo do New York Times sobre a fabricação de chá frio, Harold McGee menciona a fabricação de cerveja fria na Jamaica e diz que os químicos de alimentos "descobriram que uma infusão fria de duas horas extrai tantos pigmentos quanto uma infusão quente padrão, e que o o sabor é mais frutado e menos marcado por aromas de folha verde, cravo e cozido. ”

Fiquei intrigado. Então comecei a fazer alguns lotes de teste, mergulhando-os na geladeira durante a noite, com e sem aromas como gengibre fresco e pimenta da Jamaica. Achei o chá resultante muito mais suave e refrescante do que a minha infusão quente usual, sem nenhum dos sabores “cozidos” que às vezes resultam de oversteeping. Também descobri que precisava de muito menos açúcar na versão preparada a frio, ela não tinha bordas afiadas que precisassem ser domesticadas com doçura. (Eu gosto da minha jamaica no lado azedo, então você pode descobrir que quer um pouco mais de xarope simples em sua versão.)

Eu usei flores inteiras (às vezes vendidas como flor da jamaica nos mercados latinos) e saquinhos de chá, e prefiro a versão feita com flores inteiras, que tem um pouco mais de profundidade. Adicionar um pau de canela à mistura dá outra camada de sabor sutil que eu realmente gosto.

O chá de hibisco é apreciado em todo o mundo, da América Central à Ásia, e pesquisas preliminares mostram que ele pode até ajudar a reduzir a pressão arterial de pessoas com hipertensão. O que é muito bom, mas estou bebendo porque bastam cinco minutos de trabalho para fazer um lote de refresco de verão azedo, sem cafeína e levemente adoçado. Agora só preciso de alguns tacos.


Receita da bebida: Jamaica Cold Brewed (Hibiscus Iced Tea)

Nos caminhões de taco, minha bebida preferida é sempre Jamaica, aquela cerveja vermelha brilhante que é um pouco azeda, um pouco doce e totalmente refrescante em um dia quente. Feita com flores de hibisco secas, a jamaica é fácil de fazer em casa, mas foi só recentemente que descobri como é muito mais saborosa - e ainda mais simples! - pode ser quando você o prepara a frio durante a noite na geladeira.

Adoro o sabor suave do café frio, mas como estou ficando cada vez mais sensível à cafeína (olá, trinta e poucos anos), decidi fazer uma experiência com o chá gelado. O veredicto: yum! A fermentação fria proporciona um chá suave e saboroso, sem amargor ou taninos opressores. Em um artigo do New York Times sobre a fabricação de chá frio, Harold McGee menciona a fabricação de cerveja fria na Jamaica e diz que os químicos de alimentos "descobriram que uma infusão fria de duas horas extrai tantos pigmentos quanto uma infusão quente padrão, e que o o sabor é mais frutado e menos marcado por aromas de folha verde, cravo e cozido. ”

Fiquei intrigado. Então comecei a fazer alguns lotes de teste, mergulhando-os na geladeira durante a noite, com e sem aromas como gengibre fresco e pimenta da Jamaica. Achei o chá resultante muito mais suave e refrescante do que a minha infusão quente usual, sem nenhum dos sabores “cozidos” que às vezes resultam de oversteeping. Também descobri que precisava de muito menos açúcar na versão preparada a frio, ela não tinha bordas afiadas que precisassem ser domesticadas com doçura. (Eu gosto da minha jamaica no lado azedo, então você pode descobrir que quer um pouco mais de xarope simples em sua versão.)

Eu usei flores inteiras (às vezes vendidas como flor da jamaica nos mercados latinos) e saquinhos de chá, e prefiro a versão feita com flores inteiras, que tem um pouco mais de profundidade. Adicionar um pau de canela à mistura dá outra camada de sabor sutil que eu realmente gosto.

O chá de hibisco é apreciado em todo o mundo, da América Central à Ásia, e pesquisas preliminares mostram que ele pode até ajudar a reduzir a pressão arterial de pessoas com hipertensão. O que é muito bom, mas estou bebendo porque bastam cinco minutos de trabalho para fazer um lote de refresco de verão azedo, sem cafeína e levemente adoçado. Agora só preciso de alguns tacos.


Receita de bebida: Jamaica Cold Brewed (Hibiscus Iced Tea)

Nos caminhões de taco, minha bebida preferida é sempre Jamaica, aquela cerveja vermelha brilhante que é um pouco azeda, um pouco doce e totalmente refrescante em um dia quente. Feita com flores de hibisco secas, a jamaica é fácil de fazer em casa, mas foi só recentemente que descobri como é muito mais saborosa - e ainda mais simples! - pode ser quando você o prepara a frio durante a noite na geladeira.

Adoro o sabor suave do café frio, mas como estou ficando cada vez mais sensível à cafeína (olá, trinta e poucos anos), decidi fazer uma experiência com um chá gelado. O veredicto: yum! A fermentação fria proporciona um chá suave e saboroso, sem amargor ou taninos opressores. Em um artigo do New York Times sobre a fabricação de chá frio, Harold McGee menciona a fabricação de cerveja fria na Jamaica e diz que os químicos de alimentos "descobriram que uma infusão fria de duas horas extrai tantos pigmentos quanto uma infusão quente padrão, e que o o sabor é mais frutado e menos marcado por aromas de folha verde, cravo e cozido. ”

Fiquei intrigado. Então comecei a fazer alguns lotes de teste, mergulhando-os na geladeira durante a noite, com e sem aromas como gengibre fresco e pimenta da Jamaica. Achei o chá resultante muito mais suave e refrescante do que a minha infusão quente usual, sem nenhum dos sabores “cozidos” que às vezes resultam de oversteeping. Eu também descobri que precisava de muito menos açúcar na versão preparada a frio, ela não tinha bordas afiadas que precisassem ser domesticadas com doçura. (Eu gosto da minha jamaica no lado azedo, então você pode descobrir que quer um pouco mais de xarope simples em sua versão.)

Eu usei flores inteiras (às vezes vendidas como flor da jamaica nos mercados latinos) e saquinhos de chá, e prefiro a versão feita com flores inteiras, que tem um pouco mais de profundidade. Adicionar um pau de canela à mistura dá outra camada de sabor sutil que eu realmente gosto.

O chá de hibisco é apreciado em todo o mundo, da América Central à Ásia, e pesquisas preliminares mostram que ele pode até ajudar a reduzir a pressão arterial de pessoas com hipertensão. O que é muito bom, mas estou bebendo porque bastam cinco minutos de trabalho para fazer um lote de refresco de verão azedo, sem cafeína e levemente adoçado. Agora só preciso de alguns tacos.


Receita da bebida: Jamaica Cold Brewed (Hibiscus Iced Tea)

Nos caminhões de taco, minha bebida preferida é sempre Jamaica, aquela cerveja vermelha brilhante que é um pouco azeda, um pouco doce e totalmente refrescante em um dia quente. Feita com flores de hibisco secas, a jamaica é fácil de fazer em casa, mas foi só recentemente que descobri como é muito mais saborosa - e ainda mais simples! - pode ser quando você o prepara a frio durante a noite na geladeira.

Adoro o sabor suave do café frio, mas como estou ficando cada vez mais sensível à cafeína (olá, trinta e poucos anos), decidi fazer uma experiência com um chá gelado. O veredicto: yum! A fermentação fria proporciona um chá suave e saboroso, sem amargor ou taninos opressores. Em um artigo do New York Times sobre a fabricação de chá frio, Harold McGee menciona a fabricação de cerveja fria na Jamaica e diz que os químicos de alimentos "descobriram que uma infusão fria de duas horas extrai tantos pigmentos quanto uma infusão quente padrão, e que o o sabor é mais frutado e menos marcado por aromas de folha verde, cravo e cozido. ”

Fiquei intrigado. Então comecei a fazer alguns lotes de teste, mergulhando-os na geladeira durante a noite, com e sem aromas como gengibre fresco e pimenta da Jamaica. Achei o chá resultante muito mais suave e refrescante do que minha bebida tradicional de molho quente, sem nenhum dos sabores “cozidos” que às vezes resultam de oversteeping. Também descobri que precisava de muito menos açúcar na versão preparada a frio, ela não tinha bordas afiadas que precisassem ser domesticadas com doçura. (Eu gosto da minha jamaica no lado azedo, então você pode descobrir que quer um pouco mais de xarope simples em sua versão.)

Eu usei flores inteiras (às vezes vendidas como flor da jamaica nos mercados latinos) e saquinhos de chá, e prefiro a versão feita com flores inteiras, que tem um pouco mais de profundidade. Adicionar um pau de canela à mistura dá outra camada de sabor sutil que eu realmente gosto.

O chá de hibisco é apreciado em todo o mundo, da América Central à Ásia, e pesquisas preliminares mostram que ele pode até ajudar a reduzir a pressão arterial de pessoas com hipertensão. O que é muito bom, mas estou bebendo porque bastam cinco minutos de trabalho para fazer um lote de refresco de verão azedo, sem cafeína e levemente adoçado. Agora só preciso de alguns tacos.


Receita de bebida: Jamaica Cold Brewed (Hibiscus Iced Tea)

Nos caminhões de taco, minha bebida preferida é sempre Jamaica, aquela cerveja vermelha brilhante que é um pouco azeda, um pouco doce e totalmente refrescante em um dia quente. Feita com flores de hibisco secas, a jamaica é fácil de fazer em casa, mas foi só recentemente que descobri como é muito mais saborosa - e ainda mais simples! - pode ser quando você o prepara a frio durante a noite na geladeira.

Adoro o sabor suave do café frio, mas como estou ficando cada vez mais sensível à cafeína (olá, trinta e poucos anos), decidi fazer uma experiência com um chá gelado. O veredicto: yum! A fermentação fria proporciona um chá suave e cheio de sabor, sem amargor ou taninos opressores. Em um artigo do New York Times sobre a fabricação de chá frio, Harold McGee menciona a fabricação de cerveja fria na Jamaica e diz que os químicos de alimentos "descobriram que uma infusão fria de duas horas extrai tantos pigmentos quanto uma infusão quente padrão, e que o o sabor é mais frutado e menos marcado por aromas de folha verde, cravo e cozido. ”

Fiquei intrigado. Então comecei a fazer alguns lotes de teste, mergulhando-os na geladeira durante a noite, com e sem aromas como gengibre fresco e pimenta da Jamaica. Achei o chá resultante muito mais suave e refrescante do que a minha infusão quente usual, sem nenhum dos sabores “cozidos” que às vezes resultam de oversteeping. Eu também descobri que precisava de muito menos açúcar na versão preparada a frio, ela não tinha bordas afiadas que precisassem ser domesticadas com doçura. (Eu gosto da minha jamaica no lado azedo, então você pode descobrir que quer um pouco mais de xarope simples em sua versão.)

Eu usei flores inteiras (às vezes vendidas como flor da jamaica nos mercados latinos) e saquinhos de chá, e prefiro a versão feita com flores inteiras, que tem um pouco mais de profundidade. Adicionar um pau de canela à mistura dá outra camada de sabor sutil que eu realmente gosto.

O chá de hibisco é apreciado em todo o mundo, da América Central à Ásia, e pesquisas preliminares mostram que ele pode até ajudar a reduzir a pressão arterial de pessoas com hipertensão. O que é muito bom, mas estou bebendo porque bastam cinco minutos de trabalho para fazer um lote de refresco de verão azedo, sem cafeína e levemente adoçado. Agora só preciso de alguns tacos.


Receita de bebida: Jamaica Cold Brewed (Hibiscus Iced Tea)

Nos caminhões de taco, minha bebida preferida é sempre Jamaica, aquela cerveja vermelha brilhante que é um pouco azeda, um pouco doce e totalmente refrescante em um dia quente. Feita com flores de hibisco secas, a jamaica é fácil de fazer em casa, mas foi só recentemente que descobri como é muito mais saborosa - e ainda mais simples! - pode ser quando você o prepara a frio durante a noite na geladeira.

Adoro o sabor suave do café frio, mas como estou ficando cada vez mais sensível à cafeína (olá, trinta e poucos anos), decidi fazer uma experiência com o chá gelado. O veredicto: yum! A fermentação fria proporciona um chá suave e saboroso, sem amargor ou taninos opressores. Em um artigo do New York Times sobre a fabricação de chá frio, Harold McGee menciona a fabricação de cerveja fria na Jamaica e diz que os químicos de alimentos "descobriram que uma infusão fria de duas horas extrai tantos pigmentos quanto uma infusão quente padrão, e que o o sabor é mais frutado e menos marcado por aromas de folha verde, cravo e cozido. ”

Fiquei intrigado. Então comecei a fazer alguns lotes de teste, mergulhando-os na geladeira durante a noite, com e sem aromas como gengibre fresco e pimenta da Jamaica. Achei o chá resultante muito mais suave e refrescante do que minha bebida tradicional de molho quente, sem nenhum dos sabores “cozidos” que às vezes resultam de oversteeping. Eu também descobri que precisava de muito menos açúcar na versão preparada a frio, ela não tinha bordas afiadas que precisassem ser domesticadas com doçura. (Eu gosto da minha jamaica no lado azedo, então você pode descobrir que quer um pouco mais de xarope simples em sua versão.)

Eu usei flores inteiras (às vezes vendidas como flor da jamaica nos mercados latinos) e saquinhos de chá, e prefiro a versão feita com flores inteiras, que tem um pouco mais de profundidade. Adicionar um pau de canela à mistura dá outra camada de sabor sutil que eu realmente gosto.

O chá de hibisco é apreciado em todo o mundo, da América Central à Ásia, e pesquisas preliminares mostram que ele pode até ajudar a reduzir a pressão arterial de pessoas com hipertensão. O que é muito bom, mas estou bebendo porque bastam cinco minutos de trabalho para fazer um lote de refresco de verão azedo, sem cafeína e levemente adoçado. Agora só preciso de alguns tacos.


Receita da bebida: Jamaica Cold Brewed (Hibiscus Iced Tea)

Nos caminhões de taco, minha bebida preferida é sempre Jamaica, aquela cerveja vermelha brilhante que é um pouco azeda, um pouco doce e totalmente refrescante em um dia quente. Feita com flores de hibisco secas, a jamaica é fácil de fazer em casa, mas foi só recentemente que descobri como é muito mais saborosa - e ainda mais simples! - pode ser quando você o prepara a frio durante a noite na geladeira.

Adoro o sabor suave do café frio, mas como estou ficando cada vez mais sensível à cafeína (olá, trinta e poucos anos), decidi fazer uma experiência com um chá gelado. O veredicto: yum! A fermentação fria proporciona um chá suave e cheio de sabor, sem amargor ou taninos opressores. Em um artigo do New York Times sobre a fabricação de chá frio, Harold McGee menciona a fabricação de cerveja fria na Jamaica e diz que os químicos de alimentos "descobriram que uma infusão fria de duas horas extrai tantos pigmentos quanto uma infusão quente padrão, e que o o sabor é mais frutado e menos marcado por aromas de folha verde, cravo e cozido. ”

Fiquei intrigado. Então comecei a fazer alguns lotes de teste, mergulhando-os na geladeira durante a noite, com e sem aromas como gengibre fresco e pimenta da Jamaica. Achei o chá resultante muito mais suave e refrescante do que minha bebida tradicional de molho quente, sem nenhum dos sabores “cozidos” que às vezes resultam de oversteeping. Também descobri que precisava de muito menos açúcar na versão preparada a frio, ela não tinha bordas afiadas que precisassem ser domesticadas com doçura. (Eu gosto da minha jamaica no lado azedo, então você pode descobrir que quer um pouco mais de xarope simples em sua versão.)

Eu usei flores inteiras (às vezes vendidas como flor da jamaica nos mercados latinos) e saquinhos de chá, e prefiro a versão feita com flores inteiras, que tem um pouco mais de profundidade. Adicionar um pau de canela à mistura dá outra camada de sabor sutil que eu realmente gosto.

O chá de hibisco é apreciado em todo o mundo, da América Central à Ásia, e pesquisas preliminares mostram que ele pode até ajudar a reduzir a pressão arterial de pessoas com hipertensão. O que é muito bom, mas estou bebendo porque bastam cinco minutos de trabalho para fazer um lote frio de um refresco de verão azedo, sem cafeína e levemente adoçado. Agora só preciso de alguns tacos.


Receita da bebida: Jamaica Cold Brewed (Hibiscus Iced Tea)

Nos caminhões de taco, minha bebida preferida é sempre Jamaica, aquela cerveja vermelha brilhante que é um pouco azeda, um pouco doce e totalmente refrescante em um dia quente. Feita com flores de hibisco secas, a jamaica é fácil de fazer em casa, mas foi só recentemente que descobri como é muito mais saborosa - e ainda mais simples! - pode ser quando você o prepara a frio durante a noite na geladeira.

Adoro o sabor suave do café frio, mas como estou ficando cada vez mais sensível à cafeína (olá, trinta e poucos anos), decidi fazer uma experiência com o chá gelado. O veredicto: yum! A fermentação fria proporciona um chá suave e saboroso, sem amargor ou taninos opressores. Em um artigo do New York Times sobre a fabricação de chá frio, Harold McGee menciona a fabricação de cerveja fria na Jamaica e diz que os químicos de alimentos "descobriram que uma infusão fria de duas horas extrai tantos pigmentos quanto uma infusão quente padrão, e que o o sabor é mais frutado e menos marcado por aromas de folha verde, cravo e cozido. ”

Fiquei intrigado. Então comecei a fazer alguns lotes de teste, mergulhando-os na geladeira durante a noite, com e sem aromas como gengibre fresco e pimenta da Jamaica. Achei o chá resultante muito mais suave e refrescante do que minha bebida tradicional de molho quente, sem nenhum dos sabores “cozidos” que às vezes resultam de oversteeping. Eu também descobri que precisava de muito menos açúcar na versão preparada a frio, ela não tinha bordas afiadas que precisassem ser domesticadas com doçura. (Eu gosto da minha jamaica no lado azedo, então você pode descobrir que quer um pouco mais de xarope simples em sua versão.)

Eu usei flores inteiras (às vezes vendidas como flor da jamaica nos mercados latinos) e saquinhos de chá, e prefiro a versão feita com flores inteiras, que tem um pouco mais de profundidade. Adicionar um pau de canela à mistura dá outra camada de sabor sutil que eu realmente gosto.

O chá de hibisco é apreciado em todo o mundo, da América Central à Ásia, e pesquisas preliminares mostram que ele pode até ajudar a reduzir a pressão arterial de pessoas com hipertensão. O que é muito bom, mas estou bebendo porque bastam cinco minutos de trabalho para fazer um lote de refresco de verão azedo, sem cafeína e levemente adoçado. Agora só preciso de alguns tacos.


Receita de bebida: Jamaica Cold Brewed (Hibiscus Iced Tea)

Nos caminhões de taco, minha bebida preferida é sempre Jamaica, aquela cerveja vermelha brilhante que é um pouco azeda, um pouco doce e totalmente refrescante em um dia quente. Feita com flores de hibisco secas, a jamaica é fácil de fazer em casa, mas foi só recentemente que descobri como é muito mais saborosa - e ainda mais simples! - pode ser quando você o prepara a frio durante a noite na geladeira.

Adoro o sabor suave do café frio, mas como estou ficando cada vez mais sensível à cafeína (olá, trinta e poucos anos), decidi fazer uma experiência com o chá gelado. O veredicto: yum! A fermentação fria proporciona um chá suave e saboroso, sem amargor ou taninos opressores. Em um artigo do New York Times sobre a fabricação de chá frio, Harold McGee menciona a fabricação de cerveja fria na Jamaica e diz que os químicos de alimentos "descobriram que uma infusão fria de duas horas extrai tantos pigmentos quanto uma infusão quente padrão, e que o o sabor é mais frutado e menos marcado por aromas de folha verde, cravo e cozido. ”

Fiquei intrigado. Então comecei a fazer alguns lotes de teste, mergulhando-os na geladeira durante a noite, com e sem aromas como gengibre fresco e pimenta da Jamaica. Achei o chá resultante muito mais suave e refrescante do que minha bebida tradicional de molho quente, sem nenhum dos sabores “cozidos” que às vezes resultam de oversteeping. Eu também descobri que precisava de muito menos açúcar na versão preparada a frio, ela não tinha bordas afiadas que precisassem ser domesticadas com doçura. (Eu gosto da minha jamaica no lado azedo, então você pode descobrir que quer um pouco mais de xarope simples em sua versão.)

Eu usei flores inteiras (às vezes vendidas como flor da jamaica nos mercados latinos) e saquinhos de chá, e prefiro a versão feita com flores inteiras, que tem um pouco mais de profundidade. Adicionar um pau de canela à mistura dá outra camada de sabor sutil que eu realmente gosto.

O chá de hibisco é apreciado em todo o mundo, da América Central à Ásia, e pesquisas preliminares mostram que ele pode até ajudar a reduzir a pressão arterial de pessoas com hipertensão. O que é muito bom, mas estou bebendo porque bastam cinco minutos de trabalho para fazer um lote fresco de um refresco de verão azedo, sem cafeína e levemente adoçado. Agora só preciso de alguns tacos.


Receita da bebida: Jamaica Cold Brewed (Hibiscus Iced Tea)

Nos caminhões de taco, minha bebida preferida é sempre Jamaica, aquela cerveja vermelha brilhante que é um pouco azeda, um pouco doce e totalmente refrescante em um dia quente. Feita com flores de hibisco secas, a jamaica é fácil de fazer em casa, mas foi só recentemente que descobri como é muito mais saborosa - e ainda mais simples! - pode ser quando você o prepara a frio durante a noite na geladeira.

Adoro o sabor suave do café frio, mas como estou cada vez mais sensível à cafeína (olá, 30 e poucos anos), decidi fazer uma experiência com um chá gelado. O veredicto: yum! A fermentação fria proporciona um chá suave e cheio de sabor, sem amargor ou taninos opressores. Em um artigo do New York Times sobre a fabricação de chá frio, Harold McGee menciona a fabricação de cerveja fria na Jamaica e diz que os químicos de alimentos "descobriram que uma infusão fria de duas horas extrai tantos pigmentos quanto uma infusão quente padrão, e que o o sabor é mais frutado e menos marcado por aromas de folha verde, cravo e cozido. ”

Fiquei intrigado. Então comecei a fazer alguns lotes de teste, mergulhando-os na geladeira durante a noite, com e sem aromas como gengibre fresco e pimenta da Jamaica. Achei o chá resultante muito mais suave e refrescante do que a minha infusão de molho quente usual, sem nenhum dos sabores “cozidos” que às vezes resultam de oversteeping. Eu também descobri que precisava de muito menos açúcar na versão preparada a frio, ela não tinha bordas afiadas que precisassem ser domesticadas com doçura. (Eu gosto da minha jamaica no lado azedo, então você pode descobrir que quer um pouco mais de xarope simples em sua versão.)

Eu usei flores inteiras (às vezes vendidas como flor da jamaica nos mercados latinos) e saquinhos de chá, e prefiro a versão feita com flores inteiras, que tem um pouco mais de profundidade. Adding a cinnamon stick to the mix gives another layer of subtle flavor that I really enjoy.

Hibiscus tea is enjoyed all over the world, from Central America to Asia, and preliminary research shows it may even help lower blood pressure for those with hypertension. Which is all well and good, but I’m drinking it because all it takes is five minutes of work to make a cold-brewed batch of tart, caffeine-free, lightly sweetened summer refreshment. Now all I need are some tacos.


Drink Recipe: Cold Brewed Jamaica (Hibiscus Iced Tea)

At taco trucks, my drink of choice is always jamaica, that bright red brew that is a little tart, a little sweet and totally refreshing on a hot day. Made with dried hibiscus flowers, jamaica is easy enough to make at home, but it wasn’t until recently that I discovered how much tastier — and even simpler! — it can be when you cold-brew it overnight in the refrigerator.

I love the smooth flavor of cold-brew coffee, but because I am becoming increasingly sensitive to caffeine (hello, mid-30s), I decided to experiment with cold-brew iced tea. The verdict: yum! Cold brewing gives you a tea that is smooth and full-flavored, without bitterness or overpowering tannins. In a New York Times article about cold-brewing tea, Harold McGee mentions cold-brewing jamaica, and says that food chemists “have found that a two-hour cold infusion extracts as much of the pigments as a standard hot infusion, and that the flavor is fruitier and less marked by green-leaf, clove and cooked aromas.”

I was intrigued. So I started making some test batches, steeping them in the refrigerator overnight, with and without aromatics like fresh ginger and allspice. I found the resulting tea much smoother and more refreshing than my usual hot-steeped brew, without any of the “cooked” flavors that sometimes result from oversteeping. I also found that I needed a lot less sugar in the cold-brew version it didn’t have any sharp edges that needed to be tamed with sweetness. (I do like my jamaica on the tart side, so you may find you want a little more simple syrup in your version.)

I’ve used both whole flowers (sometimes sold as flor de jamaica at Latin markets) and tea bags, and I prefer the version made with whole flowers, which has a bit more depth. Adding a cinnamon stick to the mix gives another layer of subtle flavor that I really enjoy.

Hibiscus tea is enjoyed all over the world, from Central America to Asia, and preliminary research shows it may even help lower blood pressure for those with hypertension. Which is all well and good, but I’m drinking it because all it takes is five minutes of work to make a cold-brewed batch of tart, caffeine-free, lightly sweetened summer refreshment. Now all I need are some tacos.


Drink Recipe: Cold Brewed Jamaica (Hibiscus Iced Tea)

At taco trucks, my drink of choice is always jamaica, that bright red brew that is a little tart, a little sweet and totally refreshing on a hot day. Made with dried hibiscus flowers, jamaica is easy enough to make at home, but it wasn’t until recently that I discovered how much tastier — and even simpler! — it can be when you cold-brew it overnight in the refrigerator.

I love the smooth flavor of cold-brew coffee, but because I am becoming increasingly sensitive to caffeine (hello, mid-30s), I decided to experiment with cold-brew iced tea. The verdict: yum! Cold brewing gives you a tea that is smooth and full-flavored, without bitterness or overpowering tannins. In a New York Times article about cold-brewing tea, Harold McGee mentions cold-brewing jamaica, and says that food chemists “have found that a two-hour cold infusion extracts as much of the pigments as a standard hot infusion, and that the flavor is fruitier and less marked by green-leaf, clove and cooked aromas.”

I was intrigued. So I started making some test batches, steeping them in the refrigerator overnight, with and without aromatics like fresh ginger and allspice. I found the resulting tea much smoother and more refreshing than my usual hot-steeped brew, without any of the “cooked” flavors that sometimes result from oversteeping. I also found that I needed a lot less sugar in the cold-brew version it didn’t have any sharp edges that needed to be tamed with sweetness. (I do like my jamaica on the tart side, so you may find you want a little more simple syrup in your version.)

I’ve used both whole flowers (sometimes sold as flor de jamaica at Latin markets) and tea bags, and I prefer the version made with whole flowers, which has a bit more depth. Adding a cinnamon stick to the mix gives another layer of subtle flavor that I really enjoy.

Hibiscus tea is enjoyed all over the world, from Central America to Asia, and preliminary research shows it may even help lower blood pressure for those with hypertension. Which is all well and good, but I’m drinking it because all it takes is five minutes of work to make a cold-brewed batch of tart, caffeine-free, lightly sweetened summer refreshment. Now all I need are some tacos.


Drink Recipe: Cold Brewed Jamaica (Hibiscus Iced Tea)

At taco trucks, my drink of choice is always jamaica, that bright red brew that is a little tart, a little sweet and totally refreshing on a hot day. Made with dried hibiscus flowers, jamaica is easy enough to make at home, but it wasn’t until recently that I discovered how much tastier — and even simpler! — it can be when you cold-brew it overnight in the refrigerator.

I love the smooth flavor of cold-brew coffee, but because I am becoming increasingly sensitive to caffeine (hello, mid-30s), I decided to experiment with cold-brew iced tea. The verdict: yum! Cold brewing gives you a tea that is smooth and full-flavored, without bitterness or overpowering tannins. In a New York Times article about cold-brewing tea, Harold McGee mentions cold-brewing jamaica, and says that food chemists “have found that a two-hour cold infusion extracts as much of the pigments as a standard hot infusion, and that the flavor is fruitier and less marked by green-leaf, clove and cooked aromas.”

I was intrigued. So I started making some test batches, steeping them in the refrigerator overnight, with and without aromatics like fresh ginger and allspice. I found the resulting tea much smoother and more refreshing than my usual hot-steeped brew, without any of the “cooked” flavors that sometimes result from oversteeping. I also found that I needed a lot less sugar in the cold-brew version it didn’t have any sharp edges that needed to be tamed with sweetness. (I do like my jamaica on the tart side, so you may find you want a little more simple syrup in your version.)

I’ve used both whole flowers (sometimes sold as flor de jamaica at Latin markets) and tea bags, and I prefer the version made with whole flowers, which has a bit more depth. Adding a cinnamon stick to the mix gives another layer of subtle flavor that I really enjoy.

Hibiscus tea is enjoyed all over the world, from Central America to Asia, and preliminary research shows it may even help lower blood pressure for those with hypertension. Which is all well and good, but I’m drinking it because all it takes is five minutes of work to make a cold-brewed batch of tart, caffeine-free, lightly sweetened summer refreshment. Now all I need are some tacos.


Drink Recipe: Cold Brewed Jamaica (Hibiscus Iced Tea)

At taco trucks, my drink of choice is always jamaica, that bright red brew that is a little tart, a little sweet and totally refreshing on a hot day. Made with dried hibiscus flowers, jamaica is easy enough to make at home, but it wasn’t until recently that I discovered how much tastier — and even simpler! — it can be when you cold-brew it overnight in the refrigerator.

I love the smooth flavor of cold-brew coffee, but because I am becoming increasingly sensitive to caffeine (hello, mid-30s), I decided to experiment with cold-brew iced tea. The verdict: yum! Cold brewing gives you a tea that is smooth and full-flavored, without bitterness or overpowering tannins. In a New York Times article about cold-brewing tea, Harold McGee mentions cold-brewing jamaica, and says that food chemists “have found that a two-hour cold infusion extracts as much of the pigments as a standard hot infusion, and that the flavor is fruitier and less marked by green-leaf, clove and cooked aromas.”

I was intrigued. So I started making some test batches, steeping them in the refrigerator overnight, with and without aromatics like fresh ginger and allspice. I found the resulting tea much smoother and more refreshing than my usual hot-steeped brew, without any of the “cooked” flavors that sometimes result from oversteeping. I also found that I needed a lot less sugar in the cold-brew version it didn’t have any sharp edges that needed to be tamed with sweetness. (I do like my jamaica on the tart side, so you may find you want a little more simple syrup in your version.)

I’ve used both whole flowers (sometimes sold as flor de jamaica at Latin markets) and tea bags, and I prefer the version made with whole flowers, which has a bit more depth. Adding a cinnamon stick to the mix gives another layer of subtle flavor that I really enjoy.

Hibiscus tea is enjoyed all over the world, from Central America to Asia, and preliminary research shows it may even help lower blood pressure for those with hypertension. Which is all well and good, but I’m drinking it because all it takes is five minutes of work to make a cold-brewed batch of tart, caffeine-free, lightly sweetened summer refreshment. Now all I need are some tacos.


Drink Recipe: Cold Brewed Jamaica (Hibiscus Iced Tea)

At taco trucks, my drink of choice is always jamaica, that bright red brew that is a little tart, a little sweet and totally refreshing on a hot day. Made with dried hibiscus flowers, jamaica is easy enough to make at home, but it wasn’t until recently that I discovered how much tastier — and even simpler! — it can be when you cold-brew it overnight in the refrigerator.

I love the smooth flavor of cold-brew coffee, but because I am becoming increasingly sensitive to caffeine (hello, mid-30s), I decided to experiment with cold-brew iced tea. The verdict: yum! Cold brewing gives you a tea that is smooth and full-flavored, without bitterness or overpowering tannins. In a New York Times article about cold-brewing tea, Harold McGee mentions cold-brewing jamaica, and says that food chemists “have found that a two-hour cold infusion extracts as much of the pigments as a standard hot infusion, and that the flavor is fruitier and less marked by green-leaf, clove and cooked aromas.”

I was intrigued. So I started making some test batches, steeping them in the refrigerator overnight, with and without aromatics like fresh ginger and allspice. I found the resulting tea much smoother and more refreshing than my usual hot-steeped brew, without any of the “cooked” flavors that sometimes result from oversteeping. I also found that I needed a lot less sugar in the cold-brew version it didn’t have any sharp edges that needed to be tamed with sweetness. (I do like my jamaica on the tart side, so you may find you want a little more simple syrup in your version.)

I’ve used both whole flowers (sometimes sold as flor de jamaica at Latin markets) and tea bags, and I prefer the version made with whole flowers, which has a bit more depth. Adding a cinnamon stick to the mix gives another layer of subtle flavor that I really enjoy.

Hibiscus tea is enjoyed all over the world, from Central America to Asia, and preliminary research shows it may even help lower blood pressure for those with hypertension. Which is all well and good, but I’m drinking it because all it takes is five minutes of work to make a cold-brewed batch of tart, caffeine-free, lightly sweetened summer refreshment. Now all I need are some tacos.


Drink Recipe: Cold Brewed Jamaica (Hibiscus Iced Tea)

At taco trucks, my drink of choice is always jamaica, that bright red brew that is a little tart, a little sweet and totally refreshing on a hot day. Made with dried hibiscus flowers, jamaica is easy enough to make at home, but it wasn’t until recently that I discovered how much tastier — and even simpler! — it can be when you cold-brew it overnight in the refrigerator.

I love the smooth flavor of cold-brew coffee, but because I am becoming increasingly sensitive to caffeine (hello, mid-30s), I decided to experiment with cold-brew iced tea. The verdict: yum! Cold brewing gives you a tea that is smooth and full-flavored, without bitterness or overpowering tannins. In a New York Times article about cold-brewing tea, Harold McGee mentions cold-brewing jamaica, and says that food chemists “have found that a two-hour cold infusion extracts as much of the pigments as a standard hot infusion, and that the flavor is fruitier and less marked by green-leaf, clove and cooked aromas.”

I was intrigued. So I started making some test batches, steeping them in the refrigerator overnight, with and without aromatics like fresh ginger and allspice. I found the resulting tea much smoother and more refreshing than my usual hot-steeped brew, without any of the “cooked” flavors that sometimes result from oversteeping. I also found that I needed a lot less sugar in the cold-brew version it didn’t have any sharp edges that needed to be tamed with sweetness. (I do like my jamaica on the tart side, so you may find you want a little more simple syrup in your version.)

I’ve used both whole flowers (sometimes sold as flor de jamaica at Latin markets) and tea bags, and I prefer the version made with whole flowers, which has a bit more depth. Adding a cinnamon stick to the mix gives another layer of subtle flavor that I really enjoy.

Hibiscus tea is enjoyed all over the world, from Central America to Asia, and preliminary research shows it may even help lower blood pressure for those with hypertension. Which is all well and good, but I’m drinking it because all it takes is five minutes of work to make a cold-brewed batch of tart, caffeine-free, lightly sweetened summer refreshment. Now all I need are some tacos.


Drink Recipe: Cold Brewed Jamaica (Hibiscus Iced Tea)

At taco trucks, my drink of choice is always jamaica, that bright red brew that is a little tart, a little sweet and totally refreshing on a hot day. Made with dried hibiscus flowers, jamaica is easy enough to make at home, but it wasn’t until recently that I discovered how much tastier — and even simpler! — it can be when you cold-brew it overnight in the refrigerator.

I love the smooth flavor of cold-brew coffee, but because I am becoming increasingly sensitive to caffeine (hello, mid-30s), I decided to experiment with cold-brew iced tea. The verdict: yum! Cold brewing gives you a tea that is smooth and full-flavored, without bitterness or overpowering tannins. In a New York Times article about cold-brewing tea, Harold McGee mentions cold-brewing jamaica, and says that food chemists “have found that a two-hour cold infusion extracts as much of the pigments as a standard hot infusion, and that the flavor is fruitier and less marked by green-leaf, clove and cooked aromas.”

I was intrigued. So I started making some test batches, steeping them in the refrigerator overnight, with and without aromatics like fresh ginger and allspice. I found the resulting tea much smoother and more refreshing than my usual hot-steeped brew, without any of the “cooked” flavors that sometimes result from oversteeping. I also found that I needed a lot less sugar in the cold-brew version it didn’t have any sharp edges that needed to be tamed with sweetness. (I do like my jamaica on the tart side, so you may find you want a little more simple syrup in your version.)

I’ve used both whole flowers (sometimes sold as flor de jamaica at Latin markets) and tea bags, and I prefer the version made with whole flowers, which has a bit more depth. Adding a cinnamon stick to the mix gives another layer of subtle flavor that I really enjoy.

Hibiscus tea is enjoyed all over the world, from Central America to Asia, and preliminary research shows it may even help lower blood pressure for those with hypertension. Which is all well and good, but I’m drinking it because all it takes is five minutes of work to make a cold-brewed batch of tart, caffeine-free, lightly sweetened summer refreshment. Now all I need are some tacos.



Comentários:

  1. Samukree

    Você não estava errado, tudo é verdade

  2. Maponus

    De bom grado eu aceito. Na minha opinião, é uma pergunta interessante, participarei da discussão. Juntos, podemos chegar a uma resposta certa.

  3. Farrs

    Será difícil para um maçante entender o significado deste trabalho,

  4. Wichamm

    Sinto muito, mas, na minha opinião, erros são cometidos. Escreva para mim em PM, discuta isso.



Escreve uma mensagem