Outro

A pílula para perda de peso pode nos fazer pensar que realmente comemos

A pílula para perda de peso pode nos fazer pensar que realmente comemos



We are searching data for your request:

Forums and discussions:
Manuals and reference books:
Data from registers:
Wait the end of the search in all databases.
Upon completion, a link will appear to access the found materials.

Os pesquisadores enganaram os ratos fazendo-os pensar que comiam, fazendo-os digerir sem comer

Wikimedia Commons

No momento, as pílulas para emagrecer são uma ciência absurda, mas, de acordo com novas pesquisas, no futuro elas podem realmente funcionar.

A perda de peso não seria muito mais fácil se houvesse uma pílula mágica que você pudesse tomar para perder centímetros na cintura? Infelizmente, apesar da pseudociência, a maioria das pílulas de perda de peso no mercado são um disparate completo. Mas os cientistas dizem que estão se aproximando de uma verdadeira pílula dietética. Em um estudo recente do Salk Institute, os pesquisadores criaram uma pílula de perda de peso que, até agora, funcionou em ratos enganando o sistema digestivo do animal fazendo-o pensar que ele comeu uma refeição. A pílula estimula o que os cientistas estão chamando de “refeição imaginária”, que previne a alimentação excessiva a curto e longo prazo.

O ingrediente principal usado na pílula do estudo é um substância química chamada fexaramina, um receptor farnesóide X que desencadeia várias reações corporais, incluindo o processo digestivo. Quando ingerido por via oral, faz com que o corpo comece a queimar gordura, mesmo que nenhuma refeição tenha sido ingerida. Todos os ratos do estudo perderam peso com esse processo.

“A resposta do corpo a uma refeição é como uma corrida de revezamento, e se você disser a todos os corredores para irem ao mesmo tempo, você nunca passará o bastão”, disse o pesquisador Ronald Evans, em um comunicado. “Aprendemos como acionar o primeiro corredor para que o resto dos eventos aconteçam em uma ordem natural.”


6 lições que aprendi ao perder 40 quilos

Desde que atingi a marca de “40 libras perdidas” na semana passada, tenho pensado muito. Se você perdeu aquele post (com minhas fotos antes e depois), certifique-se de dar uma olhada. De qualquer forma, achei que seria divertido, terapêutico e útil falar sobre o que aprendi ao perder 18 quilos. Espero que você possa encontrar conforto e inspiração com minha experiência e usá-los conforme você segue em frente. Lembre-se de que somos todos diferentes, então não pense que meu caminho é o fim de tudo. O que fiz para perder peso funciona para minha família, meu estilo de vida e para mim. Além disso, estou sempre aprendendo, de certa forma, isso provavelmente é apenas a ponta do iceberg para mim.

Enfim, aqui está. Minhas 6 lições aprendidas.


Arquivos de tags: perda de peso

Você deve ter me visto tweetando a hashtag # 2013orbust hoje em dia. Isso & # 8217s porque acho que este ano é um ano de transição para mim.

Eu sempre gostei muito de histórias. Eu leio desde os 4 ou 5 anos e comecei a desenvolver uma predileção por filmes realmente bons (você sabe: além do blockbuster, especialmente documentários e filmes independentes) nos meus 20 anos. Uma apreciação que se desenvolveu ainda mais quando comecei a namorar Evan, o cinéfilo, 5 anos atrás (5 anos amanhã !!). Embora existam muitos aspectos importantes para contar uma boa história, o desenvolvimento do personagem sempre foi o aspecto mais intrigante da narrativa. E então eu li Donald Miller & # 8217s Um milhão de milhas em mil anos (obrigado, Krissie!) E percebi que eu também tinha uma história para contar. Eu só tinha que descobrir o que era. Algumas de suas palavras me cutucaram gentilmente quando as li como parte de nossa discussão sobre o livrinho, mas me deram um soco no estômago quando reli partes do livro no ano passado.

  • “O medo é uma emoção manipuladora que pode nos levar a uma vida entediante”.
  • “E uma vez que você vive uma boa história, você sente o gosto por um tipo de significado na vida, e você não pode voltar a ser normal, você não pode voltar a cenas sem sentido costuradas pelo fio esquecível do tempo perdido. ”
  • “Uma história é baseada no que as pessoas pensam que é importante, então, quando vivemos uma história, estamos dizendo às pessoas ao nosso redor o que achamos que é importante.”

2011 foi o ano em que iniciei esta nova identidade. Charlie nasceu. As prioridades mudaram & # 8211, mas eu precisava descobrir o que era uma mudança de prioridade e o que era apenas uma desculpa. O ano voou a uma velocidade vertiginosa. Este ano foi apenas sobre eu viver, sobreviver, manter minha cabeça acima da água & # 8211não que nada disso tenha sido negativo. Eu estava ocupada me apaixonando por meu filho. Minha história estava começando um novo capítulo.

2012 foi um ano de reflexão. É hora de classificar essas prioridades. Descubra o que eu quero. Crie uma nova visão para o meu futuro. Determine as coisas que são mais importantes para mim. Identifique as partes menos satisfatórias da minha vida e decida o que precisa ser liberado e o que precisa de mais do meu tempo. Comemore as partes mais satisfatórias da minha vida e descubra como maximizá-las.

E agora chegamos a 2013. Eu fiz todos os esforços possíveis quando se trata de identificar as palavras, mantras e metas que definirão quem eu sou e o que estou me tornando este ano.

FOCO é minha palavra definidora de 2013. Não tive um bom foco em alguns anos & # 8211parte porque não sei o que QUERIA. E minha identidade como mãe e parceira comprometida mudou, o que criou paixões diferentes, uma mudança na confiança e prioridades em evolução. Também estou aprendendo que trabalho melhor quando NÃO faço multitarefas. A vida também é mais satisfatória quando estou vivendo no momento (em vez de fazer uma coisa e sonhar com outra). Isso significa verificar menos o Twitter e o Facebook. Não deixando e-mail aberto o DIA INTEIRO e respondendo e-mails enquanto estou trabalhando em projetos que requerem ou merecem meu tempo e atenção. Significa olhar minha lista de tarefas e descobrir o que requer e merece meu tempo e atenção e me livrar da desordem. A remoção da desordem também se aplica à minha vida física. Passei o Natal durante a primeira semana inteira do ano classificando, organizando e doando coisas em minha casa que eu realmente não preciso. Eu tenho experimentado diferentes ferramentas organizacionais nas últimas semanas e acho que encontrei o sistema que funcionará melhor para mim este ano (e, honestamente, é apenas uma prática refinada para o que eu já sei que funciona melhor para mim).

PLANEJAR, FAZER, SER é meu mantra. Posso facilmente me perder em minha cabeça ou em meus desejos para o futuro. 2012 me ensinou que querer, desejar e planejar não é suficiente. Você tem que fazer isso. E então um TEDTalk de Amy Cuddy me ensinou que, uma vez que você começa a fazer isso, você se torna aquilo.

Então, aqui estão minhas prioridades em 2013:

1. A minha saúde. Eu quero voltar a ser um perdedor. Já perdi 70 libras antes. Eu quero fazer isso de novo (isso significa perder peso da gravidez / nova mamãe mais parte do peso que eu queria perder antes de saber que estava grávida). Eu quero ser um atleta. Tenho saudades de correr e andar de bicicleta. Estou atualmente trabalhando nisso usando meu novo pedômetro Fitbit, esforçando-me por 10.000 passos por dia, registrando minha comida no MyFitnessPal, planejando refeições / lanches e preparando-os com antecedência, seguindo uma dieta de baixa caloria e alta proteína e trabalhando na construção um plano de atividades na minha semana assim que o semestre começar de novo.

2. Minha carreira. Eu estou no meu cargo atual há 6 anos. É hora de pensar na próxima etapa. Estou pronto para isso. As prioridades deste ano estão caminhando para a próxima etapa. Estou fazendo isso definindo o que quero e o que não quero, criando mais redes, assumindo projetos que me desafiam e entusiasmam, redistribuindo aqueles que não querem. Eu & # 8217 estou adicionando e editando minha vida profissional. Estou trabalhando em um programa de empreendedorismo no ensino superior com colegas de uma organização profissional regional. Estou trabalhando em um livro que pode servir de guia para os pais que trabalham nos assuntos dos alunos. Estou atualizando meu currículo e percebendo as experiências maravilhosas que tive recentemente. E procurando cargos em residência, conduta estudantil, aconselhamento acadêmico ou criação de materiais de treinamento e desenvolvimento para organizações de ensino superior ou outras organizações. (Você pode ter me visto tweetar sobre querer trabalhar para Dan Pink ou a Organização Gallup na semana passada. Totalmente verdade. Amo-os. E meu trabalho e experiência pessoal se encaixariam em fazer treinamento e desenvolvimento para ambas as organizações e provavelmente muitas outras.)

3. Minha família. Não é nenhuma surpresa que, quando você tem um filho, seu relacionamento muda. Evan e eu definitivamente estamos lutando com a falta de (dinheiro, tempo e recursos para) encontros noturnos e estamos tentando descobrir como ter certeza de encaixar isso em nossas vidas e orçamentos este ano. Também elaboramos uma lista de experiências que queremos ter este ano. Uma viagem ao zoológico da Filadélfia e ao Aquário de Camden, indo ao museu, viajando para a Califórnia para ver a família, tirando férias apenas com Evan e eu, indo a vários shows, levando Charlie ao seu primeiro show ou festival de música. Eu também quero entender Evan melhor e entender sua mudança de papel e quero o mesmo dele para mim. Portanto, há isso.

E com isso, tenho um prato muito cheio para 2013. Isso está fornecendo a base para o que eu faço e o que gasto meu tempo, energia, dinheiro e outros recursos neste ano.


Como praticar o amor próprio.

Você pode odiar a si mesmo e fazer escolhas erradas por causa da convicção inconsciente de que você não é o suficiente e não pode ser amado. Você pode não estar ciente de até que ponto você se limita ao diálogo interno negativo para compartilhar em sua cabeça ou você está perfeitamente claro sobre os limites que impõe a si mesmo, mas não sabe o que fazer para mudá-los.

O hábito de nos tratar com desprezo ao longo de décadas parece normal. Como peixes na água e pássaros no ar. Não temos consciência da toxicidade de nosso pensamento.

Hoje estou indo muito bem. Estou pensando em como a vida é mágica. Nossos cérebros são incríveis. Nossos corpos são sublimes.

Este pensamento mágico é colorido pelo fato de que muitas pessoas estão sofrendo em todo o estado, país e mundo. É colorido pelo fato de que hoje cedo, eu me senti ansioso - horrível - triste. Minha prática de sentir minhas emoções me convida a olhar para meu corpo e perguntar o que exatamente estou sentindo e onde. Parece uma sensação vaga que se enraíza no centro do meu peito e na parte superior do estômago. É uma sensação de movimento e ondulação. Meus olhos estão pressionados e lacrimejantes.

Não posso fazer nada sobre os incêndios hoje ou impedir os desastres que meus irmãos e irmãs enfrentam ao redor do mundo. Meu sentimento - é tristeza? Pode ser. Ele vem e vai, e o próximo passo que dou é me perguntar: "Como posso me amar com esse sentimento?" "Como posso sentir essa merda e ainda saber que sou um ser humano vital." Então eu me pergunto: “O que posso fazer hoje para contribuir com o meu propósito, mesmo com essa sensação no meu corpo?” Tudo isso fica lado a lado, infundindo como uma xícara de chá.


Chia Squares são vencedores

O café da manhã na cama é uma das indulgências da vida e é algo que geralmente associamos a panquecas encharcadas de calda (e talvez um pouco de champanhe naquela taça de suco de laranja). Mas quando você é um casal e leva uma dieta séria, o café da manhã na cama envolve quadrados de chia cobertos com sementes de cânhamo - ou o que Toby jocosamente chama de retângulos de "papelão". Mas Kate estava cuidando dele quando ela distribuiu aquela chia. De acordo com um estudo do Instituto de Pesquisa Biomédica da Universidade Nacional Autônoma do México, alimentos como sementes de chia podem ajudar a reduzir a obesidade e até mesmo controlar o diabetes (quando fazem parte de uma dieta balanceada) porque podem acalmar os picos de glicose. Essas 50 receitas de sementes de chia são aquelas que você vai realmente querer comer!


Perda muscular

Se tivermos usado toda a glicose disponível e os ácidos graxos que podem ser lentamente liberados das células de gordura, o corpo se voltará para outros tecidos, como os músculos. Mas não queremos encorajar isso. É por isso que dietas radicais são uma má ideia. Dietas que reduzem demais as calorias nos colocam em um modo de inanição, o que causa canibalização de nossa massa muscular magra junto com a gordura e retarda nosso metabolismo. Existe uma "zona Cachinhos Dourados" de restrição calórica que nos mantém na zona ideal para queimar gordura, e é aí que os menus baseados em pesquisas da iDiet realmente brilham. O iDiet mantém as calorias na faixa ideal para estimular a liberação de gordura sem colocar o corpo em modo de inanição. Também construímos nossos menus em torno de uma proporção especial de proteínas, carboidratos e gorduras para estimular a preservação dos músculos e priorizar a queima de gordura. A proporção de nutrientes iDiet também tem o benefício de nos ajudar a nos sentirmos mais saciados e a manter a fome sob controle. E se não estamos com fome, temos menos desejos. Portanto, é realmente um ótimo lugar para se estar.


Eu estou assustado

Estou envergonhado, adoro pimenta e molhos picantes, mas nunca comi uma pimenta Carolina ceifadora como está. Receio que seja demais. Posso ouvir algumas histórias ou experiências que as pessoas tiveram? Eu realmente quero saber no que estou me metendo. Eu posso lidar com molhos picantes, mas sinto que comer pimenta não é nem mesmo agradável. Estou certo? Ou totalmente errado e há algo redentor sobre comer uma ceifeira crua? Isso é o que está em minha mente após um turno noturno de 12 horas, LOL

Não recomendo comer um inteiro, mesmo por curiosidade.

É muito improvável que seja uma experiência agradável para você. Não apenas na hora de comer, mas por algumas horas depois, já que é provável que você tenha alguns problemas digestivos.

Se você realmente quer ter uma ideia de como está quente, corte um pedaço pequeno e experimente.

“Isso. Existem muitos artigos no reddit de pessoas que fizeram isso. Aprenda com eles e não o faça.

Eu sou um produtor de primeiro ano. Tenha mais de 50 plantas em vasos que variam de habeneros a ceifeiras de carolina. Eu nunca comi pimenta mais quente do que pimenta jalepeno, eu realmente gosto de molhos picantes

Se você está pronto para se mexer a noite toda e sentir que seus órgãos internos estão sendo destruídos, vá em frente. Quando as pessoas se gabam de ter comido um ceifeiro, dou 2 merdas e nenhum respeito. Não é legal. Não é divertido. E não é inteligente. Desfrute de molhos feitos com ele com certeza. Comer um inteiro é puramente uma novidade e 100% uma má ideia.

Parceiro. As horas de cãibras e queimação no estômago são piores do que os 10 minutos reais de queimação na boca. Eu não sabia que meu estômago iria doer tanto. De qualquer forma, podemos ajudar a prevenir isso? Beber pepto ou leite antes de comer a pimenta?

Se você fizer isso, você está apenas sendo um idiota

Eu & # x27m no mesmo barco que você. cultivador pela primeira vez com 25 super hots diferentes crescendo.

Quando as bagas da ceifeira estiverem prontas, terei de experimentar uma. Agora, com o que foi dito, eu não tenho vontade de engolir aquela coisa lol, provavelmente apenas mastigarei metade, senão inteira, pimenta e depois cuspirei depois de alguns momentos.

Meu medo não é que meu estômago tenha cãibras por algumas horas. Meu medo é que eu acabe como algumas pessoas nas histórias que ouvi, nas quais a experiência arruína seu sistema digestivo a ponto de não ser capaz de comer nada quente novamente. Esse é um risco que não estou disposto a correr.

Mastigue, mas não engula. A dor na boca é 11. A dor no estômago é 12, e o cuzão ardente também não é uma piada. Não há nada a ganhar fazendo isso.

Eu não recomendaria. Não é nada divertido. Se você tem proteínas TRPV1 malucas, que reagem com a capsaicina para nos dizer que estamos com dor, que são defeituosas ou que nem sempre reagem com ela, então com certeza. No entanto, os efeitos durarão horas e a digestão será uma droga.

Aqui está um artigo sobre como as pimentas não nos queimam, elas apenas nos fazem pensar que estamos sendo queimados. A ponto de estarmos usando capsaicina para perder peso e diminuir a sensação de dor.

Ótimas respostas, obrigado a todos. Eu já fiz molho picante de habanero no passado, alguma ideia de proporções para fazer um molho com um ceifeiro nele se eu realmente quiser domar até um calor de pimenta fantasma, isso é possível? Até onde vai uma pimenta. E receitas também seriam legais.

Acredito que devo comer uma de cada variedade que cultivo a cada ano. Reapers são muito, muito quentes. Você se sentirá bem no primeiro minuto. Depois disso, lentamente se arrasta sobre você pelos próximos minutos para uma queimadura intensa. Você terá água escorrendo de seus olhos, nariz e boca. Estou sempre do lado de fora quando os como e geralmente adoto uma postura de mãos sobre os joelhos dobrada para que possa expelir a saliva extra. Comer ou beber nada realmente ajuda com o calor. Após cerca de 10 minutos, a queimadura desaparecerá. Tenho sorte de não ter cólicas estomacais, mas acho que é a quantidade de cerveja que bebi antes e depois de comer uma que ajuda com isso. Como outros sugeriram, pode ser melhor mastigar um por 30 segundos ou mais e depois cuspi-lo. Você ainda terá a queimadura, mas sem cólicas estomacais.


O autor do programa de impressão digital para queima de gordura é exatamente como você

Uma coisa que certamente pode ser apreciada sobre este programa é que ele foi criado por alguém como você e eu. O autor era um pai exausto e obeso que se transformou em #DadBod.

Sua irmã também estava acima do peso, não tinha energia, baixa autoestima e, sem que eles soubessem, tinha uma doença cardíaca cardíaca em formação. Foi quando ela recebeu alta do hospital que os dois ficaram obcecados em pesquisar as últimas ciências metabólicas. Foi quando eles descobriram tudo o que há de errado com a indústria da dieta, incluindo as mentiras contadas por programas como o Weight Watches e The Paleo Diet. Melhor ainda, ele encontrou o autor best-seller nº 1, famoso Kinesiologist que estava por trás de alguns dos estudos mais reveladores.


Tivemos outro concurso de perda de peso no escritório. Tínhamos que vingar Peggy.

Se você não leu sobre o trágico concurso de perda de peso do ano passado & # x27s, clique aqui e confira. Vale a pena ler e é importante que você tenha a história por trás para entender completamente por que fizemos o que fizemos este ano. Caso contrário, você apenas pensará que somos aspirantes a assassinos.

Eu sei o que você está pensando.

“Andrea, da última vez que você fez isso, tudo foi para o inferno. Por que diabos você arriscaria tudo de novo?

É simples. Vingança por Peggy.

Nas semanas seguintes aos eventos que levaram à extrema perda de peso de Peggy e morte prematura nas mãos de Sharon Woodson, Kim e eu nos esquivamos de nossas respectivas responsabilidades corporativas e passamos todo o nosso tempo planejando vingança.

Quero dizer ... para ser perfeitamente honesto, não estávamos tão arrasados ​​com a morte de Peggy em um nível pessoal. Nenhum de nós a conhecia muito bem, e realmente não gostamos do tempo que passamos com ela para começar.

E ela trapaceou em nosso concurso - o que é realmente uma merda de se fazer - mas ela certamente não merecia morrer por isso. Obviamente, Kim e eu nunca poderíamos prender Sharon pelo que a polícia certamente consideraria uma história absurda e sem sentido, mas com certeza íamos encontrar uma maneira de puni-la por conta própria.

Depois de uma tremenda quantidade de energia gasta fantasiando sobre como deixar Sharon miserável, nós voltamos direto para a fonte de tudo.

A vaidade é o que nos levou a fazer um concurso de perda de peso para começar. Nossa abundância de comida e falta de emprego, exigindo nada mais do que teclas digitadas e caminhadas até o banheiro, nos empurrou não apenas para um estado doentio, mas também para um ciúme viciante dos quadris, nádegas e barrigas de outras mulheres. É o equivalente moderno de uma agitação silenciosa em 1850 sobre a robustez dos quadris daquela vadia da Martha Mullins, puxando para fora todas aquelas crianças ... e se isso não bastasse, ela estava balançando uma taxa de mortalidade infantil de 0%.

Maldito seja Martha, com sua fazenda próspera e abastecimento de água livre de cólera.

Enfim ... o concurso do ano passado nunca foi sobre dinheiro. Foi a vaidade, pura e simples, que nos levou a cortar os quilos. Portanto, não demorou muito para que percebêssemos algo.

Sharon é EXCEPCIONALMENTE vaidoso.

Em forma, bronzeada e completamente cheia de si - e como estabelecemos na história original, ela é uma idiota completa. Literalmente, tudo o que ela tem é sua aparência, então, sabendo o que era MAIS importante para ela, sabíamos exatamente o que fazer.

Íamos engordar aquela cadela.

Aqui está a versão simples do plano. Chamaríamos o místico e obteríamos uma bugiganga para ganhar peso, então usá-la para fazer Sharon engordar muito lentamente. Faríamos isso apenas o suficiente para assustá-la, então recuar e assistir ela lutar para perder peso uma e outra vez ... para sempre.

Além disso, depois de torturá-la por um tempo, seríamos extremamente malvados e organizaríamos um novo concurso de perda de peso, onde daríamos um tapa na cara o que restava de seu ego, perdendo todos os quilos que queríamos usando nossas próprias bugigangas.

O primeiro passo foi encontrar o místico.

Depois de alguma pesquisa na dark web, consegui rastrear as informações de contato do místico e marcar um encontro para conseguir o que precisava para executar a "Operação Vingança de Peggy".

Seu nome é Timbó e ele é descendente de ciganos romenos. Seu trabalho diurno é no departamento de informática de uma grande loja de eletrônicos, onde ele criou uma confusão lateral colocando maldições em alguns dos laptops recém-adquiridos para impulsionar o negócio de conserto de computadores que ele administra na casa de sua avó. Honestamente, por mais sombrio que seja seu esquema, tenho que dar a ele algum crédito por fazer um dinheirinho moderno usando os feitiços antigos da vovó.

Então, é claro, há as bugigangas.

Maldições de amor, conexões de amor, má sorte, boa fortuna e uma série de outros desejos podem ser obtidos por meio da espinha enfrentada por um garoto de 20 anos ... junto com uma receita de goulash de porco matadora.

Entrei em contato com o Timbo por e-mail e fiz acordos para negociar.

A MAIORIA dos feitiços que o Timbo lança são temporários. Quer comprar um pouco de azar para a cadela que parece ter tudo? Duraria apenas uma ou duas semanas, dependendo de quanto você quisesse pagar por isso ... mas não mais do que isso. Ele não gostava de deixar as pessoas destruírem completamente as vidas dos outros. E muito parecido com as compras de revólveres na Califórnia, havia um período de “reflexão” entre o pagamento e a entrega das bugigangas. Isso deu ao comprador a chance de mudar de ideia antes de fazer algo potencialmente catastrófico, e Timbó não se sentia tanto como um idiota por facilitar tais ações.

Agora, EU DISSE que “a maioria” de seus feitiços são temporários. O corpo muda feitiços, entretanto? Antes de Peggy, eles duravam indefinidamente. Nunca passou pela cabeça de Timbo que um cliente usaria esse tipo de feitiço para machucar alguém. Ingénuo? Talvez - mas ainda assim um erro honesto.

Enviei o pagamento por um pacote de quinquilharias de perda de peso para mim e Kim, e alguns meses de quinquilharias GANHAR peso para Sharon. Para solicitações de feitiço de mudança de corpo, o período de reflexão recém-implementado era de três semanas antes da entrega. Então, o que Kim e eu planejamos fazer nesse ínterim?

Por que diabos não? As bugigangas estavam chegando.

Apenas por diversão, fiz alguns registros durante o período de alimentação.

Que sensação linda é poder comer sem estresse e sem culpa. Não tenho palavras para descrever. Acho que hoje, em vez de uma salada que está tão sobrecarregada com carne e coberturas que é tão rica em calorias quanto um bife com batatas fritas, eu vou COMEÇAR bife com batatas fritas. Yay! É assim que vou fazer. Eu sei que a bugiganga vai trazer meu peso de volta para baixo, mas não há necessidade de ir a extremos. A sensação de comer o que quero sem a auto-aversão que vem junto é mais do que satisfatória. Além do meu estômago e emoções, é o sustento da minha própria alma.

Acho que Kim pode estar batendo um pouco mais forte do que eu, mas ei ... por que não? E ela concorda, ela nunca se sentiu tão feliz em sua vida.

Você sabe como é incrível se deliciar com um pacotinho de Oreos e cappuccino da loja de conveniência no café da manhã? Tenho certeza que terei um pouco de quebra de açúcar em algumas horas, mas tudo bem - e provavelmente não vou exagerar na hora do almoço de qualquer maneira. Quero que esse período antes da chegada das bugigangas seja uma experiência positiva. Quero mudar minha relação com a comida. Estou nisso para o resto da vida agora. Eu nunca vou recuperar o peso depois de perdê-lo. Não vou precisar de uma bugiganga novamente.

Ok, então eu saí um pouco dos trilhos nos últimos dias. Quer dizer ... é TÃO BOM comer o que eu quiser e depois não sentir nada além de alegria. Eu vi um bolo no Facebook ontem e imediatamente deixei meu cubículo para uma viagem pela cidade para conseguir um. Senti um friozinho na barriga, como quando vejo um cara fofo no Plentyoffish que tem um emprego E um carro! & lt3

Kim parece ter acelerado um pouco mais. Deixei o entregador chinês entrar ontem e a enorme sacola de guloseimas em seus braços parecia destinada à sala de conferências. Mas antes de bater na porta do corredor, ele parou no cubículo de Kim, indo embora de mãos vazias alguns segundos depois.

Depois de cerca de 20 minutos sem ouvir nada além de mastigações e gemidos de prazer em seu cubículo, Kim finalmente voltou para respirar e disse “Ei Andie (odeio esse apelido e ela sabe disso), você quer um Rangoon? Eu tenho o pacote de 10 ”. Recusei porque eles me enojam. Eles são como pequenas estrelas do mar que cagam na boca. Não, obrigado.

Alguns segundos depois, ouvi a tampa estourar do recipiente de papel alumínio e Kim disse: "Bem, olá, minhas belezas."

Bem ... Eu tentei da melhor maneira manter um ritmo um pouco, mas Deus, há tanta comida INCRÍVEL por aí. Mas é legal. A bugiganga estará aqui em 12 dias. Posso manter algum controle de agora em diante. Estou certo disso.

Ok, meu turno acabou e eu preciso parar e pegar uma calça de moletom. Kim e eu vamos jantar no The Cheesecake Factory.

Dias 10 a 14

Faz um tempo que não faço isso. Eu estive tão ocupado comendo e tive muitos problemas para digitar por causa de todas as migalhas no meu teclado.

No dia 11, Kim entrou na área de trabalho principal e gritou do outro lado da sala.

“Você sabia sobre Most Stuff Oreos? Eu não sabia que eles existiam até que bati minha cabeça na prateleira tentando alcançar um saco de Chewy Sweet Tarts!

Agora ... você sabe como me sinto sobre Oreos. Estabelecemos isso durante o Concurso # 1.

Alguns anos atrás, durante uma corrida manchada de rímel até a loja de bebidas depois de um rompimento feio, descobri o MEGA Stuff Oreo. Estamos falando do triplo da cobertura aqui. Foi incrível, e eu estava comendo cinco de cada vez por semanas depois que aquele idiota me deixou e pegou minha nova TV. Eu realmente deveria parar de usar os aplicativos de namoro online GRATUITOS.

Mas, a maioria das coisas Oreos? Isso poderia ser mesmo uma coisa real? Quer dizer ... quem precisa de tanta cobertura ??

Kim jogou 6 mini pacotes deles na minha mesa. Abri um com toda a empolgação de Charlie com sua barra de chocolate ganhadora do ingresso de ouro.

Puta merda. Foi magnífico. O cookie original e delicioso estava abraçando amorosamente uma bola de glacê de formato perfeito com meia polegada de espessura. Parecia um daqueles sanduíches de sorvete Big Wheel que, coincidentemente, guardei no freezer da sala de descanso para depois.

Kim olhou para mim com um sorriso enorme.

Eu dei a ela aquele olhar de “pare de me chamar de Andie”, em seguida, concentrei minha atenção no biscoito enquanto puxava um daqueles suportes para livros que estabilizavam aquele bolo branco e cremoso de alegria. Kim estendeu a mão e segurou meu cabelo para trás enquanto eu segurava o biscoito de cobertura na vertical e o mordia. Com meus olhos fechados e lábios em um sorriso satisfeito, saboreei a bondade açucarada enquanto Kim ria e limpava um pouco de gelo do meu nariz.

Ela recuou lentamente, dizendo "Vou apenas deixar vocês dois sozinhos agora."

OK, então parei de registrar no diário após o dia 14. Embora eu tivesse comprado um novo teclado depois que meus melhores esforços para limpar o primeiro falharam, meus dedos geralmente estavam muito oleosos para digitar de qualquer maneira.

A última semana do período de reflexão foi repleta de uma alimentação épica e selvagem. Sem as bugigangas para derreter os quilos, não poderíamos manter o ritmo que Peggy havia estabelecido, mas malditos se não tentássemos.

Mudar meu relacionamento com a comida se transformou em um caso de amor completo e arrebatador com Oreos e uma espiral descendente para o abismo celestial dos biscoitos Ritz. Pilhas novas? Certo. Vou levar todos eles. Só porque eles são embalados individualmente não significa que você não pode comê-los uma caixa de cada vez.

O vício de Kim eram manteigas de nozes. Devo dizer que também gostei bastante deles com meus biscoitos e os ocasionais (ok. Não ocasionais ... haha) biscoito de Chips A-hoy.

Foi tudo muito divertido. Nós nos chamávamos de "As Gêmeas Nutella" e acho que a boca de Kim estava permanentemente manchada de marrom chocolate quando as bugigangas chegaram.

Finalmente, as bugigangas estavam em mãos e era hora de executar a Operação Peggy's Revenge. O momento foi perfeito, porque eu estava a cerca de uma semana de ter que substituir todo o meu guarda-roupa.

Estávamos prontos para começar, mas tínhamos um pequeno detalhe para cuidar.

Timbo tinha um novo recurso de segurança em suas bugigangas. No passado, bastava um pouco de saliva para prendê-los ao dono e ativar o processo para o qual foram projetados. No entanto, após o incidente com Peggy, Timbó aumentou a segurança para exigir sangue. E como um recurso de segurança adicional, o alcance efetivo era de apenas 10 pés em vez da distância original de 100 jardas.

Portanto, precisávamos encontrar uma maneira de conseguir um pouco de sangue de Sharon, o que não era uma tarefa fácil. Aqui estão algumas das ideias brilhantes que tivemos.

- Faça-a pensar que pode ser diabética e use um monitor de açúcar no sangue.

Eu nunca percebi o quão completamente estúpidos eles eram até agora. Haha. eu

Então, depois de alguns dias, quase entramos em pânico. Tínhamos ido em frente e ativado nossas bugigangas de perda de peso, mas nunca demos a menor consideração sobre o quão difícil seria obter o sangue de Sharon.

Então ... sorte completa e idiota (ou possivelmente Peggy intervindo do além) atingiu ... literalmente.

Kim e eu ainda estávamos nos empanturrando de tudo o que podíamos colocar em nossas mãos, e tínhamos colocado essas mãos em uma roda de queijo suíço. Sim, eu disse uma roda. Carregando no Ritz, encontramos uma boa faca afiada e servimos fatia após fatia do melhor de Wisconsin até que estivéssemos prontos para estourar. Depois de algum tempo, Kim estava muito cheia para levar o queijo de volta à geladeira em meu cubículo, então ela decidiu simplesmente jogá-lo para mim.

Originalmente com 25 centímetros de diâmetro, a roda foi reduzida a um pedaço do tamanho de uma bola de beisebol. Em um momento trágico, mas agradavelmente fortuito de distração, cortesia da bela T.J. do departamento de vendas, passando seu belo traseiro pelo cubículo de Kim, ela jogou o queijo um pouquinho mais baixo.

O pedaço perfurado, esbranquiçado, atingiu a parede do cubículo de Sharon e a atingiu bem no nariz. Em uma fração de segundo, Kim levantou-se da cadeira e teve uma visão perfeita do sangue que jorrava e cobriu toda a mesa de Sharon. Ela procurou freneticamente por lenços de papel e não encontrou nada.

“Kim! Tecidos! Meu nariz está sangrando!"

“Oh não, Sharon! Eu sinto muito! Isso parece horrível. Deixe-me ajudá-lo a ir ao banheiro ... ”

Apesar de mal esconder o enorme sorriso em seu rosto. Kim grabbed Sharon by the elbow and began to shuffle her off across the office while giving me the signal to get some blood. I waddled my overstuffed body to Sharon’s cubicle as fast as I could and scraped a few precious drops of it off the desk and into a sandwich bag.

Puta merda. We had done it. Let the show begin…

A day later, we had Sharon’s weight gain trinket activated and cleverly stashed in her purse. It was one of those little woodpeckers that pecked nonstop while under light. It reminded me one my grandparents had on their dining room table. It would dip its forked beak into a stack of toothpicks and bring one back up to me. This one, however, was stabbing its beak into a little plastic cake.

Kim stashed it out of sight of Sharon, but well within the required 10 feet.

The weight gain started slowly, but after just a few days it escalated…QUICKLY. As it turns out, actually EATING wasn’t even a requirement for the thing to work.

Sharon noticed her newfound girth within two days and panicked. I suppose when a person is so exceptionally vain that they’re hitting the scale and checking the mirror multiple times daily, the fat has no chance of sneaking up on them.

Sharon went into battle mode. She exercised daily in our company’s gym anyway, but by the end of the first week we were also seeing her in there before work and during lunch. She was already going hard, and we were beyond excited to see our plan shaping up so fast.

Within a few more days, she was barely eating. While typically a protein bar and salad type, she quickly cut her intake back considerably. Kim and I shared a high five every time I walked past her cubicle.

Softly emanating from Sharon’s mouth, it started out with the occasional “what-the-hell is-going-on-here?” and gradually increased in frequency to things like “thyroid…it’s gotta be my thyroid” or “omg, my belly is hanging over my pants.”

We could see it in her face, and when the trinket’s two weeks of mojo was finished it was clear she had gained a solid 15lbs. And on a woman her size that was VERY noticeable. Kim even caught a glimpse of an empty pregnancy test box in Sharon’s open gym bag. This little project had turned out to be a lot more fun than we had expected.

We waited for about a week to activate another of the woodpeckers. It was just enough time for Sharon to catch her breath when she saw the scale stop moving up.

After watching her yo-yo back and forth for weeks, we told her we had started another weight loss contest. We hadn’t, of course, but we put on our best show as we hit the scale, day after day. She joined us eagerly, and her motivation to lose the weight was stronger than ever.

We ran her ragged. She gained and lost the same 5lbs over and over again for months. It was freaking amazing torturing her like that, and she was spiraling into insanity before our very eyes.

Sharon refused to accept that she couldn’t get control of her weight. She hammered out workout after workout, visited doctors who told her she was perfectly healthy, and cut her eating back to nothing more than a can of tuna twice a day…and still the madness continued. With every trinket we activated, we worked it so she would hold onto a few more pounds after the constant up and down.

At around 40lbs gained, she began to break.

She stopped the fancy clothing. Her hair went from fabulous, to a pony tail, to a greasy mess that looked like a toddler tried to give her a senior prom up-do. Trendy skirts and skin tight jeans gave way to baggy sweats and vertical stripes.

Sharon was a shell of her former self.

Sadly, all good things must come to an end. We ran out of trinkets, and due to the high cost of another batch Kim and I decided the cost was too much to continue this round of torture. So after the last trinket lost its efficacy we decided to end Operation Peggy’s Revenge. But on a positive note, Kim and I lost all the weight we had gained plus a bit more.

So, the plan from that point on was to think of more ways to screw with Sharon’s life while watching her fight to lose all that weight.

However, this was not to be.

As the next few weeks passed, Sharon’s weight gain didn’t stop. In-fact, it increased DRAMATICALLY. We were certain all the trinkets had not only expired at the two week mark, but were also removed from the office entirely.

We were perplexed, and despite our previous desire to see the crazy bitch dead, we actually began to feel a bit guilty. Without a doubt, Sharon deserved what she was getting, but to actually be responsible for what was happening to her didn’t feel as good as I had once fantasized.

As the days continued, Sharon’s weight gain began to get even more out of control. She was expanding faster than her skin could stretch. Day by day, and seemingly hour by hour and minute by minute, she looked less and less like herself. Her brow began to protrude. Her cheeks grew outward and her neck was so thick it looked like a movie prosthetic.

Kim even swore she was seeing the wrinkles on Sharon’s brow stretching away in real time.

Sharon stopped mumbling to herself. The panic went away. Trips to the scale became less and less frequent, and eventually stopped altogether. Day after day she waddled into the office, barely able to see over her rapidly expanding cheeks, and sat in silence. She continued to expand at a pace that defied physiology even in its most extreme examples.

“My 600lb Life” had become “My 600lb Month.”

Cracks in the skin began to develop-- first on her elbows…then the webbing of the fingers. Soft cries began to emanate from her cubicle as she would try to type and the skin of her knuckles split.

Sharon eventually stopped coming to work. She continued to seek medical treatment but the doctors were no help. Test after test after test, and still nothing was found that could be the source of her out-of-control gaining. The rapid increase in weight also caused tremendous swelling in her legs as fluid in the body was pushed out by the ever increasing number of fat cells looking for a place to party. Her body was strategically lanced and drained but it came right back. Pushing from inside out, the foul smelling liquid began to weep from her pores. Even pain medications had stopped working, providing no reprieve from the agonizing body re-composition.

The rapidly expanding fat and subsequent swelling was brutal and endless.

I sat in the office like a zombie, wracked with guilt and shame at what I had been a part of. Sharon was a piece of shit, but I wasn’t judge, jury, and executioner. It wasn’t my job to punish her. I felt awful, visiting her in the hospital during the day and crying myself to sleep at night. I even bought weight loss trinkets and activated them two and three at a time using the blood that constantly seeped from her skin.

It was a fruitless endeavor. Nothing could stop the fat. Nothing could quell the assault happening inside that once perfect body.

“Perfect.” What a joke. I haven’t looked in a mirror in months. I refuse to participate any longer in the twisted pursuit of perfection that consumes too many of us these days. Fuck that.

16 weeks to the day after that ill-fated Swiss cheese to the nose, Sharon’s life ended in that hospital bed as her legs finally could take no more. One last ounce of fluid pushed toward the surface and the straw broke the proverbial camel’s back as her legs simultaneously split open like hotdogs left too long in a microwave. Spraying an absurd amount of blood and pus onto the pristine white sheets, her sudden spasm caused one last groan of protest from the oversized hospital bed that had supported her tremendous weight for the last few weeks as it buckled and collapsed.

I don’t know what she weighed by the time she expired, but rumors are saying the official number on the autopsy is 762lbs. Allegedly it took 12 pall bearers to get her casket from the hearse to the gravesite, and a logging winch to lower it down into her final resting place.

Kim and I did not attend the funeral. While the rest of the office was seeing Sharon into the afterlife, we sat together in her cubicle in stunned silence after discussing the events of the past few months in detail. We were completely at a loss about what could have happened…but in the end we just felt like murderers.

Without warning, a pretty young woman rolled backward in an office chair through the cubicle’s open doorway like a child trying to entertain herself while stuck at work with a parent. As the wheels made their last few revolutions she smoothly rotated around to face us.

“Well, that happened a lot faster than I expected!”

Both our eyebrow shot up, and Kim spoke.

“Who are you, and what happened faster than you expected?”

“I’m Kinsey, and I SAID…the trinkets worked faster than I expected. I really wanted her to hang on a lot longer than that. I’m actually kinda disappointed.”

I stood bolt upright, wild eyed and furious.

“IT WAS YOU?? YOU WERE CAUSING THE WEIGHT GAIN AFTER WE SHUT IT DOWN??”

“Well duuuuh. Oh my god…wait…were you the reason she started packing on the pounds to begin with? You evil bitches! Seeing her fatten up is what gave me the idea to get some Timbo trinkets. I started swapping out her can opener with enchanted ones when I saw how much tuna she was eating. She took that thing everywhere with her. The bitch was holding the instrument of her demise every single day!”

Our jaws hit the floor as she continued.

“I heard you two talking about the hula girl incident a few months ago and decided I wasn’t gonna let that bitch get away with killing my best friend in the world. And holy shit, those trinkets are as expensive as hell. You I.T. people must make a killing over here.”

Slowly returning to my seat, I was a perfect mixture of shock and relief. I wasn’t a murderer. I mean…I supposed I wasn’t without some blame, but AT BEST I was an unknowing accomplice. I could live with that.

Kim flopped back in her chair dramatically, letting a satisfied exhale whoosh out like she was blowing out one of those trick birthday candles my asshole cousin Mark loves to sneak onto my cake every year.

Something needed cleared up, though.

“Wait…how did you get her blood? If it hadn’t been for an accident we’d probably have never even got the process started.”

She looked at us like we were complete idiots. Shaking her head, she turned and began to walk away. Reaching into her purse, she produced a gallon size clear zipper bag and nonchalantly tossed it backward over her shoulder.

As Kinsey disappeared around the corner the bag landed perfectly in my lap. I snatched it up for inspection, holding it level with my narrowing eyelids. After a few seconds trying to identify the small items swimming around in what appeared to be goopy black slime, I felt bile begin to rise in my throat.


Tasty Tuesday Taco Bake

This recipe is delicious!! Thanks for sending it to us, Sue!

I’ll see all my Schaumburg Weight Watchers at 10am and noon today.

Você é uma inspiração para mim. I am so glad that I am a part of your fantastic e mails!! You had informed us about the Emilybites website for WW recipes and I made this. Estava uma delícia. The nice thing about this recipe is that it can also satisfy “non” weight watchers in the family!! My family was getting sick of chicken, salmon and fish and her website really helped me out!!

I didn’t bother buying the chili oil instead I used olive oil , just added some hot sauce for a little zing!
( I went pretty light on the chips and let those that can afford it put some crushed chips on top of their serving!!)

Taco Casserole Bake
Source: adapted from Healthy-Delicious

Ingredientes:
24 Baked Tostitos Scoops
1 T Chili Oil (I found this in the Asian foods aisle) – if you are considering replacing this with regular oil please note the chili oil adds a lot of spice and flavor to this dish, so replacing it will affect the flavor profile
1 Onion, chopped
2 dentes de alho picados
1 ¼ lbs extra lean ground turkey (I used Jennie-O which comes in a 1.25 lb package)
2 T taco seasoning
15 oz can black beans, drained
1 c salsa (I used medium)
1 c reduced fat shredded Mexican cheese (I used Weight Watchers brand)

Instruções:
1. Pré-aqueça o forno a 350 graus.
2. In a large skillet, warm the chili oil and sauté onions and garlic until softened. Add ground turkey and taco seasoning, break up into pieces and cook until meat is browned. Mix in salsa and beans and cook for a few more minutes until salsa thickens.
3. Break up the tortilla chips into bite sized pieces and use them to line the bottom of a 9吉 baking dish. Evenly spread the meat mixture over the chips and then sprinkle cheese over the top*. Asse por 20 minutos.

*Additional Serving Options:
This casserole is great on its own, but it you’d like to cut the heat it can be served with a dollop of guacamole or reduced fat sour cream. I ate some of my leftovers with 2T of Wholly Guacamole. You can also add jalapenos, black olives or any other toppings you’d like before baking. Toppings will affect the P+ value.